banner livro

A Embraer entregou 1100 Jatos Executivos. Não é para qualquer um.

A Embraer entregou o seu 1.100° jato executivo em Melbourne nos Estados Unidos, no dia 4 de maio de 2017. A aeronave comemorativa foi um Phenom 300, o modelo executivo mais vendido da indústria, e foi recebido pela americana NetJets, a maior empresa de aviação executiva do mundo.

A Embraer atingiu os quatro dígitos de jatos executivos entregues em um período de tempo impressionantemente curto. Nós estamos comprometidos em entregar o máximo de valor para os nossos clientes, com produtos superiores que oferecem uma combinação única de conforto, desempenho e baixo custo operacional. Tudo isso combinado com uma experiência de viagem ímpar e o melhor suporte ao cliente da indústriaMichael Amalfitano, Presidente & CEO da Embraer Aviação Executiva
A Embraer entregou seu primeiro jato executivo em 2002, sete anos após a privatização, um crescimento respeitável. Hoje conta com uma fatia de 18% do Mercado Global em mais de 70 Países. Já escrevi aqui como é feita a entrega de um jato executivo do outro lado do mundo.

A empresa é um alento quando falamos do Brasil. Competindo em um mercado feroz, de alto padrão e extremamente regulamentado, consegue um crescimento deste porte. E pensar que na época em que foi privatizada houve uma grande reação por parte de vários partidos e sindicatos.

Em 1994 amargava prejuízos da ordem de R$ 345 milhões. Menos de 10 anos depois já era a terceira maior fabricante de aviões com lucro de mais de R$ 600 milhões. No dia da privatização, em 1994, Ozires Silva disse assim:

“Na mão da iniciativa privada, a empresa terá mais chances e liberdade para crescer”

Alguém hoje duvida que ele tinha razão?

Tags: , , ,

Sobre o Autor

Graduado em Manutenção de Aeronaves, com muito bom senso :) 30 anos de aviação comercial (e contando), de Lockheed Electra à Boeing 787. Tentando simplificar a complexidade da aviação.
Topo