A400M Wingover no show aéreo de Berlin #video

O projeto do cargueiro A400M quase foi pro buraco, mas depois que injetaram mais uns baldes de Euros, acabou saindo uma aeronave impressionante. Vamos ver como o KC-390 da Embraer vai se sair competindo neste nicho (já está em fase de montagem), principalmente se houver a “ajudinha” da Boeing caso o FA-18 vença a concorrência dos caças para a FAB.

Mas voltando ao título do post, vejam este incrível wingover (quase um tonneau) aos 1:10. (Caso o vídeo não apareça, clique aqui)

[youtube url="http://www.youtube.com/watch?v=dgALWWBg3qs" width="560" height="315" fs="1"]

Tags: , , ,

Sobre o Autor

Um técnico com bom senso :) 28 anos de aviação comercial, de Lockheed Electra a Boeing 787. Tentando simplificar a complexidade da aviação.
  • Márcio

    Pô, devia ter completado o giro! :) E a “quicadinha” no pouso? Brincadeiras à parte, é uma bela máquina, um som bem agradável dos quatro motores.

    • http://www.facebook.com/profile.php?id=100000378201112 Paulo Caltran

      Sera que ele “quicou” por estar leve demais?

      • Márcio

        É uma hipótese, Paulo. Os protótipos realmente costumam ser “ocos”. Abraço!

  • Paulo Villar

    Será que ele poderia ter completado (se estivesse em altura compatível, é claro)?

  • http://www.facebook.com/profile.php?id=100000378201112 Paulo Caltran

    Leia um pouco sobre o projeto antes de criticar…

  • Silva_Marcelo

    Pessoal do blog,
    Estive reparando no desenho das janelas do cockpit do A400M e percebi que elas lembram as do A340. Será que são parecidas ou é impressão minha?
    Comparação:
    A400M ( http://migre.me/aCZth ) X  A340 ( http://migre.me/aCZe8 )

    • http://www.facebook.com/people/José-Eduardo-Pinheiro/100002318131638 José Eduardo Pinheiro

       Acho que toda a linha airbus possui esse desenho de janelas.

      • Silva_Marcelo

        Será que essas fabricantes não tem muita criatividade,pois lembre-se do Boeing C-17** ,havia comentado em outro post a sua semelhança no desenho das janelas com as do MD-11.

        MD-11 ( http://migre.me/aDsJV ) X C-17 ( http://migre.me/aDsLB )

        ** Lembrando que quem começou o projeto do  C-17 foi a McDonnel Douglas .

  • http://twitter.com/sergio_c_reis Sérgio C. Reis

    Para um avião deste porte deve ser até meio assustador ver uma manobra desta ao vivo. É muito radical !
    Agora, o que me fascina neste tipo de avião são as hélices contra-rotativas. É quase hipnotizante ver o funcionamento delas ! :O

    • Márcio

      Sérgio
      Como funcionam essas hélices contra-rotativas? Fiquei curioso. Abraço!

      • http://twitter.com/sergio_c_reis Sérgio C. Reis

        Olá Márcio, tudo bem ?
        Antes de mais nada, quero informar que não sou técnico, mas apenas um  entusiasta desta incrível indústria da aviação.
        E diante deste fato, quero aproveitar para retificar o termo técnico que utilizei em meu comentário.
        Na verdade, pelo o que pesquisei e entendi, o A400M utiliza um sistema de contra-rotação, e não hélices contra-rotativas.
        Explico com alguns exemplos:

        1) Sistema de contra-rotação: as hélices giram em sentidos invertidos, de forma independente. Observar no vídeo abaixo, que as hélices do primeiro motor giram para a direita e, aos 0:46s, percebe-se que as hélices do segundo motor giram para a esquerda. Aí está a contra-rotação:
        http://www.youtube.com/watch?v=yvmWKI52ONQ 

        2) Hélices contra-rotativas: o conceito de giro em sentido inverso permanece, só que em hélices instaladas em um mesmo eixo (mesmo conjunto), como se vê neste vídeo, de um AN-22:
        http://www.youtube.com/watch?v=m4VlQv4qq8s 

        Os benefícios da utilização deste tipo de sistema no A400M consegui no link http://www.airliners.net/aviation-forums/tech_ops/read.main/200179/, o qual reporta um outro link (quebrado) da revista “Flug Revue”:

        “The first time use of counter-rotating propellers on the two sides has had a huge impact. According to Airbus Military, this not only reduces any yawing in the event of an engine failure, but it also results in better airflow conditions over the wing. The horizontal and vertical tail units have been scaled down by eight and 17 percent respectively, while the flap system has also been simplified thanks to better lift values. All of these features have had a beneficial effect on the empty weight which, according to the manufacturer, is “under control”.”

        Ou seja, benefícios em termos do desenho da aeronave (asas, proporção dos estabilizadores) e consequente ganho de estabilidade nas manobras.

        Assim, conceitualmente cometi um equívoco, mas de certa forma foi produtivo, pois aprendi um pouquinho mais (e possivelmente vou aprender mais, após a bem-vinda revisão dos engajados e competentes colunistas e leitores do A&M)… :))

        Caso queira mais informações, há estes outros links sobre o tema:
        http://en.wikipedia.org/wiki/Counter-rotating_propellers
        http://www.youtube.com/watch?v=8Sle8xUWtNI

        Abs.

        • Márcio

          Valeu Sérgio, muito bom. Obrigado!

  • Rids

    Lito, ajudinha em troca de compra de 36 caças multimissão só se for para o FX3, pois o FX2  já é passado. Portanto, o KC390 deve vir antes de qualquer intercâmbio, pois esse FX3 tem previsão de término para 2026 e o protótipo do KC deve voar até 2016, segundo prospecção da própria FAB (Projeto KC-X2).

    Mas outro projeto deve aproveitar o resultado do FX3: o de Patrulha Marítima, que começa em 2016 e termina em 2028. Mas esse deve contar com sua torcida contra, pois supostamente aposentaria os Orion…

    Voltando ai KC390, eles precisam ser projetados principalmente para atender lugares onde os C105a não pousam (principalmetne na Amazônia), como em pistas muito irregulares em que o Búfalo pousava fácil (segundo relato dos próprios pilotos).

    • Márcio

      Exato Rids, o FX-2 já descansa em paz. Agora é só esperar que o FX-3 chega logo! (modo irônico ligado). Se o KC-390 depender de algum resultado do FX-2, esse avião não voará nunca.
      E o C-105 realmente não chega nem perto das características operacionais do Buffalo, segundo informações de pessoas que operarm os dois vetores.
      Abraço!  

  • http://www.facebook.com/rndomingues Rodrigo Domingues

    Envelopes de voo pro A400?! Neeem!
    Fantástica manobra, mas o que mais me impressiona nesse avião é a velocidade de cruzeiro tratando-se de turboélice! E também pousa MUITO curto!

  • Vinicius

    Poderia mesmo ter completado o giro. Passeando pelo youtube achei este video de um tonneau, feito por um b707 em voo de demonstração. Eu achei o video ++++ segue link abaixo!
    http://www.youtube.com/watch?v=AaA7kPfC5Hk

Topo