banner ad

Ah a mídia….

Várias pessoas já comentaram aqui no Aviões e Músicas que estamos querendo demais das agências de notícias ao repararmos que um Boeing foi chamado de Airbus numa reportagem qualquer ou algum outro acontecido onde o “jornalista não tem obrigação de ser um especialista em aviação para elaborar uma notícia”.

Mas agora vejam a notícia do G1 abaixo.

Manchete G1

Entendo que eles precisam de mais acessos para gerar lucro, mas dessa maneira? Como sempre falamos aqui isso acaba criando um pânico generalizado, principalmente em quem tem medo de voar. Imagine aquela pessoa que vai fazer o primeiro voo amanhã e vê uma notícia dessas. Vocês realmente acham que ela vai acreditar na resposta do CINDACTA?

Durante o voo de cruzeiro a separação vertical entre duas aeronaves é de 1.000pés (304 metros). Isso só foi possível devido à alta precisão dos sistemas hoje em dia. Um exemplo (trágico) dessa precisão é o acidente entre o Legacy e o Boeing da Gol em 2006 que se chocaram praticamente de frente, com poucos metros de diferença entre um e outro.

Mas 300 metros não é pouco?

Veja a foto abaixo durante o voo de cruzeiro e tente achar a outra aeronave que está logo abaixo de nós na mesma aerovia mas no sentido contrário. Estamos a 19.000pés e ela a 18.000pés. #ondestáwally?

ATR72 e EMB120 com 1000ft de separação

ATR72 e EMB120 com 1000ft de separação

 

 

Sobre o Autor

Amante da aviação deste criança, Bacharel em Ciências Aeronáuticas pela PUC-RS e Co-piloto ATR 600 :)
  • nubia_tavares

    Gente, moro do lado de VCP, faço uns dez vídeos desses por dia AHHAAHHAHAAH

    • Paulo Villar

      Cria um blog tipo www . quase colisao aerea. qualquer coisa e ganhe muito vendendo cliques!!
      hehehe
      Quero ser sócio!!

      • Phillip Daldon Leroy

        Manda uma foto dessa a cada semana com um nome diferente pro G1. Matéria na capa, na certa….

  • Sensacionaliza mais que tá pouco, G1. Ahh, esses leigos, tudo vira “um absurdo, como pode isso!” :D

  • 787 Dreamliner

    É quase a altura das Petronas Tower de diferença entre as aeronaves!

  • Eduardo Papa

    assim, na imagem acima, onde está o bendito avião??? ou era isso mesmo, de não dar nem pra ver o avião??? oh midia, caça tantos cliques….

    • Felipe Sousa

      Canto inferior esquerdo da imagem kkk

      • Eduardo Papa

        vai parecer mentira, mas eu tinha visto mas fiquei relutante. (também, minha tela esta cheia de pontos… preciso limpá-la)… mas valeu!!!

      • Gustavo Segamarchi

        Se não é você para destacar a outra aeronave da foto, eu iria ficar achando! kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk.

      • ochateador

        Eu pensei que era uma nuvem qualquer….

      • Geovanna Gomes da Silva

        Se isso estivesse no exame de CMA eu estava ferrada… fiquei procurando também hahaha.

  • Gustavo Segamarchi

    “Entendo que eles precisam de mais acessos para gerar lucro, mas dessa maneira?”

    SIM!

    Os jornalistas não querem nem saber, pois quanto mais acessos, melhor.

    Talvez eles até saibam que a distância é grande, mas eles querem pegar os internautas que são ignorantes no assunto.

    Se eu contar uma mentira dizendo que tem um remédio que te faça perder 10 quilos por dia, tem gente que vai acreditar, mas quem realmente sabe que é difícil perder peso, não vai acreditar.

    Tudo é uma questão de bom senso e pesquisa. Ainda bem que existe o Aviões & Músicas para sanar as nossas dúvidas sobre essas notícias que vêm pra causar desespero em quem usa o transporte aéreo.

  • Renato Maia

    Faço é rir quando tem esses incidentes, principalmente a cobertura da emissora que não fala o nome do facebook e twitter hehehe toda vez que tem alguma coisa relacionada a isso, a globo vi lá no desembarque colher depoimento de passageiros que pensavam que iam morrer e desesperados apenas querendo reencontrar familia :P

  • Lucas Pott

    Lamentável…

  • Rids

    Gustavo, se esses caras morassem numa cidade qualquer que hospedasse uma base aérea da FAB teriam que publicar 18 manchetes dessas por dia.

  • Joao Paulo Cursino

    Achei facinho! Embaixo, à esquerda, branco, vindo na sua direção.

    Sobre os erros da imprensa, concordo que o jornalista não é obrigado a saber, PORÉM, se não sabe, não é para inventar. Se não sabe qual tipo de avião é, diga “avião”, não chute “Boeing”. E por aí vai.

  • Raissa Menezes

    Morria e não achava esse avião hahahaha

  • Rodrigo Junior

    Realmente desnecessário essas reportagem, hoje em dia parece que com a facilidade da tecnologia alguns repórteres deixaram de ir atras da veracidade das noticias, qualquer vídeo que recebem pelo celular já geram reportagem sem pesquisas.

  • DeathMagnetic

    Eu acho sim, que jornalista tem a OBRIGAÇÃO de dar as informações corretas, faz parte do curso que ele fez na faculdade, se é que fez.

    Não sabe sobre o assunto? Informe-se, estude, não sabe nada, não escreva nada e mude de profissão.

    • Joao Paulo Cursino

      Costumo dizer: se não sabe, NÃO INVENTA. Ou pesquisa e põe certo, ou se cala. Não pode é ficar ACHANDO coisas, chutando, inventando.

  • Lucas de Souza Naves Filho

    Você jura que tem outro avião nessa foto?

  • Thiago Trindade

    Não duvido da credibilidade da A&M, mas essa foto também não quer dizer nada. Pode ser qualquer foto de qualquer ângulo. Nada garante que realmente não dá para ver o avião abaixo por esta imagem. Mas enfim, acredito no que dizem e a mídia realmente distorce muitas coisas.

    • A questão da foto não é afirmar que seja *impossível* ver a outra aeronave em sentido contrário na mesma aerovia, e sim mostrar que mesmo com uma separação de 300 metrô não é pouco, tanto que é difícil de localizar a outra aeronave.

    • juliano
banner ad
Topo