banner livro

Alberto Santos-Dumont, 141° aniversário

Foi exatamente em 20 de Julho, há 141 anos, que na Fazenda Cabangu (hoje parte do município de Santos Dumont em Minas Gerais) que nasceu Alberto Santos Dumont, filho de Henrique e Francisca. Aprendeu a ler com sua irmã Virgínia e por fim estudou em Paris.

Sua fascinação pela mecânica o levou a buscar meios de estudar e inventar, sua riqueza material herdada da família o permitia viver em prol disso. De balão em balão, Alberto foi desenvolvendo o seu grande objetivo de fazer o homem voar controlando sua própria direção. Os feitos de Alberto Santos-Dumont que por sinal assinava Santos=Dumont, com um sinal de igualdade entre suas origens são de conhecimento geral, sendo os filhos mais famosos o 14 Bis e o Demoiselle.

Nos deixou em 23 de Julho 1932, tirando a própria vida desgostoso com o uso do avião. Nos deixou um livro brilhante, do qual sou fã ardoroso que é “O que eu vi, o que nós veremos”, e nos deixou o embrião do que utilizamos hoje. Facilmente saio de Belo Horizonte à Teresina ao meio dia e antes das cinco da tarde já estou com uma garrafa gelada de Cajuína em mãos! Junto a este artigo deixo algumas imagens que fiz em uma viagem para Santos-Dumont, MG, justamente com o intuito de visitar a Fazenda Cabangu.

Estatua

Sua estátua na praça da Matriz em SD

Eiffel

Torre Eiffel com o dirigível, em frente à praça da matriz

Lago

Lago que ele projetou, o chafariz é “físico” e a água não para nunca, sem motor

14bis

Réplica do 14 Bis dentro da fazenda Cabangu

Feliz aniversário ao maior inventor brasileiro de todos os tempos.

Tags: ,

Sobre o Autor

Alexandre Conrado, pesquisador de aviação e profissional no segmento desde 2001
Topo