Anos 80, 90 e o que vem depois?

Ontem no carro, dei um descanso às minhas MP3 e liguei o rádio. Passei pela KISS FM (continua a melhor rádio de SP na minha modesta e tendenciosa opinião..rs) e de passagem pela 89Fm, ouvi a voz conhecida do Nasi, cantando “:

Como eu sou um girassol, você é meu sol [...]
Você é meu sol, um metro e sessenta e cinco de sol
E quase o ano inteiro os dias foram noites [...]

Só a voz era conhecida… fiquei meio que me recusando a acreditar que o IRA! pudesse estar fazendo canções assim.. (ou será que as rádios escolhem as piores pra tocar?). E então comecei a lembrar das músicas antigas do IRA!, que eu tenho em LP (isso mesmo, vinil..rs), como por exemplo .

Receita para se fazer um herói”

Toma-se um homem
Feito de nada como nós
Em tamanho natural
Embebece-lhe a carne
De um jeito irracional
Como a fome, como o odio”

E pensei: Nossa, como eles mudaram. O que aconteceu com as letras ferozes de Pobre Paulista?… Busquei um pouco mais pelo HD da memória, e lembrando de “Flores em Você” comecei a perceber que um dos grupos que eu mais gostava no início dos anos 80, na verdade nunca foi tão bom nas letras.

Veja por exemplo Envelheço na Cidade:

Mais um ano que se passa, mais um ano sem você
Já não tenho a mesma idade, envelheço na cidade
Essa vida é jogo rápido para mim ou prá você
Mais um ano que se passa e eu não sei o que fazer!

Tudo bem que sou muito mais crítico agora do que quando tinha 16/17 anos, mas o IRA! é uma dissidência do SMACK (que também possuo em vinil, aliás 2 LPs, os dois únicos que foram lançados), e as revistas idolatravam o Nasi na época por suas canções controversas… (?).
Nem sei porquê resolvi comentar isso, mas é duro de engolir um Girassol agora.

Nem melodia tem, como Flores em você.
Acho que eles acabaram (assim como Titãs) perdendo o rumo do rock.

Acabaram cumprindo a profecia de uma de suas letras “boas”.

Dias de LutaSó depois de muito tempo comecei a entender
Como será meu futuro, como será o seu?
Se meu filho nem nasceu, eu ainda sou o filho
Se hoje eu canto essa canção, o que cantarei depois
Cantar depois… o quê?!!

Tags: , ,

Sobre o Autor

Um técnico com bom senso :) 28 anos de aviação comercial, de Lockheed Electra a Boeing 777. Um DJ eclético, não profissional. Tentando simplificar a complexidade da aviação.
Topo