banner ad

Antonov An-124 em GRU. O que ele veio pegar aqui?

No último dia 6 o poderoso Antonov AN124 deu uma passadinha pelo Aeroporto Internacional de Guarulhos. Claro que todo entusiasta estava lá registrando o momento.

O AN-124 é capaz de levar 150 toneladas de carga, atingindo um peso máximo de decolagem de 405 mil quilos. Seus 4 motores turbofan Progress D-18T produzem 51,600 libras de empuxo cada, levando-o a uma velocidade de cruzeiro de 850 km/h. Com o peso máximo precisa de 2520 metros de pista pra decolar (ISA).

Mas o que ele veio pegar em GRU?

Ele veio levar uma “árvore de natal molhada” pros EUA, um maquinário pra extração de petróleo no fundo do mar, que não sei se vocês sabem, mas o Brasil domina e vende a tecnologia. E sabe qual o valor do frete pra levar a pecinha?
Prepare a carteira aí: a bagatela de US$ 585 mil! Um pouco mais caro que o frete em um 747…

Algumas fotos do monstrinho.

E aqui a LIVE da chegada dele:

Fonte: Gustavo De Campos Matos

Tags: , , ,

Sobre o Autor

Graduado em Manutenção de Aeronaves, com muito bom senso :) 30 anos de aviação comercial (e contando), de Lockheed Electra à Boeing 787. Tentando simplificar a complexidade da aviação.
  • Darcy Junior

    Você quis dizer um pouco mais caro que o frete de um 747 F, não é?

    • Warllyson Santos

      Acredito que foi isso também. Interessante.

    • Rodrigo

      Sim, isso mesmo.

    • Corrigido.

  • Evandro Ishii

    imagina o preço do frete do irmão maior

  • José João Machado

    Lito, você sabe com antecedência, quando ele ou o 225 volta a GRU

  • Ademir Ribeiro

    Conheço as árvores de natal desde criança! Voar um monstrinho desses deve ser inigualável.

Topo