banner livro

Apertem os cintos, o piloto sumiu!

Recentemente recebi o link de um vídeo um tanto quanto divertido para nós, que somos infectados com esta “doença” incurável chamada aviação. O vídeo em questão contém a fonia entre a torre de controle do aeroporto John F. Kennedy (JFK), em Nova York, e um Airbus A340 da Lufhtansa.

O cenário é o seguinte: um A340 da Lufhtansa – operando o voo 401, do JFK para Frankfurt  (FRA) – estava na fila de espera para decolagem quando o piloto constatou que a aeronave estava com um painel de controle de combustível (fuel panel door) aberto, que fica localizado, segundo ele descreve, na parte inferior da fuselagem, do lado direito.

Inicialmente, ele solicitou à torre de controle que um veículo fosse inspecionar externamente o avião para confirmar tal fato (0:21s), o que, contudo, não foi necessário, pois um A320 da JetBlue – operando o voo 153, do JFK para Palm Beach (KPB) – estava logo atrás do jato da Lufhtansa, avistou o tal painel e confirmou que esse estava de fato aberto. O piloto do JetBlue falou o seguinte na fonia:

JetBlue 153 (3:15s): – Ahn, está aberto, ao menos há uma pequena porta aberta, na parte debaixo, ao lado direito da fuselagem no A340 da Lufhtansa.

O controlador do JFK, então, perguntou ao piloto do voo 401 o que ele gostaria de fazer:

Torre do JFK (3:26s): – Lufhtansa 401, isso foi de um A320 que está, ahn, logo atrás de você quando você fez a curva. Então, eu não sei o que você quer fazer.

Para surpresa de todos, o piloto da Lufhtansa solicitou:

Lufhtansa 401 (3:33s): – Se nós pudermos, gostaríamos de, ahn, sair da seqüência (de decolagem) à esquerda e, ahn, eu gostaria de ir para fora do avião e fechar a porta, se for possível.

E a resposta do controlador do JFK, claramente espantado com o inusitado pedido do piloto, foi:

Torre JFK (3:43s): – Ahnnnnnnnm, eu não… Ah! Tudo bem! Quer saber? Você pode fazer uma curva à esquerda na próxima pista de taxi, aguardar fora da pista de pouso e o que você precisar fazer você pode fazer!

O piloto do Lufhtansa 401, então, agradece a autorização concedida pela torre e realiza o “procedimento”.

Vejam o vídeo abaixo, com legendas em inglês, atentos para dois detalhes que me chamaram a atenção:

* Aos 0:23s, o forte sotaque alemão ao falar a palavra “problem” (prrrrrrrrrroblem), problema em inglês;

* A partir dos 4:04s, o controlador americano não consegue segurar o riso ao dar instrução para os demais aviões, após ter passado pela incomum situação descrita acima;

http://www.youtube.com/watch?v=fQVuVq_VN9g
(nota do AeM – Fev 2014: Infelizmente o vídeo foi removido pelo autor e não está mais disponível)

Beleza, está tudo muito legal, mas vocês devem estar se perguntando: como o piloto conseguiu descer de um A340 sem o auxílio de uma escada externa?

Na própria descrição do vídeo no youtube há um link para a seguinte foto:

Escada estendida em um A330

A escada em um A330

E aqui outra mais de perto:

a330

Outro A330

Diante de tais fatos e fotos, fui ao site http://www.smartcockpit.com para procurar nos manuais do A340 se aquela escada pertence ao avião (escamoteável, como nos antigos 737-200) e se daquele compartimento inferior há possibilidade de se chegar ao cockpit (e vice-versa).

No flight crew operating manual – doors achei a seguinte explicação sobre a porta de acesso ao compartimento de aviônicos (que fica logo abaixo do cockpit):

Manual

Manual de operação da tripulação de voo – A340

“Uma porta articulada, aberta por dentro, manualmente operada, dá acesso externo ao compartimento de aviônicos. Esta porta está na parte inferior da fuselagem, à frente do compartimento do trem de pouso dianteiro. Há uma escada dentro do compartimento adjacente à porta, que pode ser operada tanto a partir do interior como do exterior da aeronave. 

Este compartimento é também acessível a partir do cockpit, através de uma escotilha no chão atrás do banco do Comandante. A escada é fixada no compartimento de aviônicos para o acesso a partir do cockpit.”

 Então a escada  fica guardada no próprio avião e pode ser operada tanto de fora como a partir do cockpit! Mas essa tal escotilha que vai ser utilizada pelo Comandante (ok, pelo copiloto, pois duvido que o Comandante vá descer do avião com 4 motores girando em seus ouvidos!) fica exatamente onde? 

Novamente, socorrendo-me do manual de operações do A340, localizei o seguinte diagrama de seu cockpit:

A340

Layout do cockpit de um A340

É isso, senhores/senhoras, se um dia vocês estiverem tranquilamente em um aeroporto e virem um piloto/mecânico subindo ou descendo de um A330/340, vocês já sabem como isso aconteceu.

Mas e em relação à autorização do controlador de voo, o que vocês acham? Agiu corretamente ou deveria ter recomendado o retorno da aeronave ao pátio para que o procedimento fosse realizado pela manutenção?

Tags: , , , ,

Sobre o Autor

Piloto de aeronaves leves por paixão. Adora voar e bater um bom papo de hangar.
Topo