banner livro

As primeiras semanas de um mecânico em uma empresa aérea comercial

Recebi este email hoje do colega Heinz (que também escreve o Blog Hangar do Heinz) e pedi autorização para colocar aqui no AeM como um exemplo do que os “novinhos” na profissão vão enfrentar.

Não conheço o Heinz pessoalmente ainda, mas acompanhei sua trajetória durante o curso, durante a criação do Blog e até contribuí com conselhos quando dois caminhos surgiram à sua frente e o que posso dizer é que ele terá um grande futuro pela frente, pois possui as qualidades necessárias de disposição para se informar, estudar e a noção da complexidade e de que é impossível saber tudo nesta fascinante área.

Vejam que mensagem legal, e ele toca em um ponto importante que até tem um ditado em inglês: “No work is completed until the paperwork is done”, algo como “Nenhum trabalho está terminado até que a papelada esteja completa” – O preenchimento correto dos documentos da aeronave após cada serviço é tão importante quanto o próprio serviço em si.

Um abraço Heinz, que tenha um brilhante futuro.

Prezados Profs. Fernandes, Lito e Generoso,

meus caros colegas “virtuais” que tanto me ajudaram durante o curso de manutenção.

Estou escrevendo um breve feedback sobre minhas primeiras 5 semanas de aviação.

Bom, cinco semanas amigos…. CONTINUO SEM SABER “NADA” DE AVIAÇÃO (rsrs). Mas estou tranquilo pois conheci pessoas que estão há anos e também não sabem “nada” perto da quantidade de informações que transitam neste meio.

Mas confesso que o “choque” foi grande.
Não imaginava a quantidade de papéis e de “protocolos de conhecimento” que se tem dentro de um setor de manutenção aeronáutica de uma empresa aérea comercial. Vejo inspetores e executantes, depois de ficarem um bom tempo “matando panes”, tendo que ficar mais algumas dezenas de minutos SÓ PREENCHENDO PAPEL E FORMULÁRIOS VIRTUAIS.

Não imaginava o quão detalhados são os DIVERSOS manuais da aeronave. Em inglês, claro, mas isso eu imaginava (rs).

Não imaginava o tamanho do suporte que a empresa oferece aos funcionários para que todas as informações cheguem “mastigadinhas” ao mecânico. São Instruções de trabalho de todas as tarefas possíveis, desde as mais simples (como a elaboração de uma passagem de serviço) até as mais complicadas. São inúmeros Boletins, de Alerta e Informativo….todos em português para facilitar a vida do colaborador. Bom, a informação vem pronta para a assimilação.
A única preocupação do mecânico é a de se manter 100% atualizado com todas essas informações.

Então, o que percebi e comprovei, foi algo que vcs sempre comentaram… terei que estudar sempre durante minha carreira na aviação!!!! Ler, ler, reler, buscar atualizações, etc etc etc….

Bom, acho que disso eu sempre gostei……

Já quanto a parte prática, foram só 5 semanas… e o novinho aqui ainda está na fase de admiração pelas acfts…hehehe….tudo é belo!!! Debaixo de chuva ou de sol, fico maravilhado com os pousos, com as decolagens, com os fans, com a baía do trem principal, com os EE’s, etc etc… rsrsr

Por enquanto estou no trânsito aqui de SBFL, das 18:00 às 00:00. Passarei uns 4 meses nesse turno para aprender a fazer a documentação técnica das aeronaves que ficam no pernoite aqui na base FLN. Então, sistema AMOS, Tasks Cards, WO’s, Ferramentas disponíveis, etc etc etc….tudo isso….com um pouco de atendimento de trânsito…. estou adorando.

Agradeço novamente toda a disponibilidade de vocês em compartilhar informações nos respectivos “blogs”. E prometo que assim que eu começar a viajar para SP e outras localidades para realizar os cursos necessários, farei uma visita a vocês, Mestres!!!!

Grande abraço,
Heinz S. Burda Filho

Tags: ,

Sobre o Autor

Graduado em Manutenção de Aeronaves, com muito bom senso :) 30 anos de aviação comercial (e contando), de Lockheed Electra à Boeing 787. Tentando simplificar a complexidade da aviação.
Topo