banner livro

AlexandreACW

Alexandre Conrado, pesquisador de aviação e profissional no segmento desde 2001

Site do Autor

Rio Sul, a mini-Varig – Uma breve história

Rio Sul, a mini-Varig – Uma breve história

  Em continuidade a série do SITAR, vamos falar hoje da RIO-SUL, a quem coube a faixa da região Sul e Rio de Janeiro/Espírito Santo. Essa empresa foi criada pela TOP TÁXI AÉREO, SUL AMERICA SEGUROS e VARIG. A empresa começou com uma frota de 2 EMB110 Bandeirante, 4 Piper NAVAJO e 2 Sabriliner (jatos […]

Leia Mais →

Leia Mais →

TABA, uma breve história

TABA, uma breve história

Vamos para mais uma da série do SITAR, desta vez com a TABA – Transportes Aéreos da Bacia Amazônica S/A, fundada pelo Coronel Marcílio Gibson, que havia sido dono do Lóide (sic) Aéreo Nacional, vendido para a VASP nos anos 70. Depois dedicou-se a NOTA – Norte Táxi Aéreo, comprada do filho de um dono […]

Leia Mais →

Leia Mais →

Votec, uma breve história

Votec, uma breve história

Dando sequência ao SITAR, vamos para a terceira empresa, a VOTEC (Voos Técnicos e Executivos). Nascida como táxi aéreo em 1966, dentro do SITAR (Sistema Integrado de Transporte Aéreo Regional) assumiu um corredor que envolvia Goiás, Distrito Federal, Pará, Maranhão, Minas Gerais, Rio e São Paulo. Em 17 de Fevereiro de 1976 surgia a VOTEC […]

Leia Mais →

Leia Mais →

Uma breve história da Passaredo

Uma breve história da Passaredo

Há algum tempo uns leitores sugeriram contar histórias de empresas ainda ativas, assim escolhi a PASSAREDO para iniciar essa série e posso começar dissertando da seguinte forma: Assim como os pássaros que nascem no chão e depois alcançam os céus nasceu a PASSAREDO LINHAS AÉREAS! Em 1978, José Luiz Felício criava a Passaredo no interior […]

Leia Mais →

Leia Mais →

Amor ou Paixão?

Amor ou Paixão?

O feedback positivo dos artigos de memórias de um despachante me levaram a colocar no papel este: o que sentimos é AMOR ou PAIXÃO? Esses dias tive uma turbulência verbal no trabalho com alguém que não é do ramo, e isso costuma me deixar chateado, pensando em exercer minha outra formação: Hoteleiro! Mas aí o […]

Leia Mais →

Leia Mais →

10 Dicas para se dar bem na prova da ANAC

10 Dicas para se dar bem na prova da ANAC

Muitos que frequentam o AeM são candidatos a realizar prova da ANAC e decidi escrever este artigo com 10* dicas, mas vale frisar duas coisas importantes antes:  São dicas e opiniões pessoais, não são uma receita de bolo aplicada a qualquer um. Cada pessoa tem seu estilo  As provas da ANAC acabam sendo “iguais” para […]

Leia Mais →

Leia Mais →

Nordeste Linhas Aéreas #história

Nordeste Linhas Aéreas #história

Com a criação do SITAR, as regiões do país foram mapeadas para cada companhia aérea que fizesse parte deste programa cuja sigla significava Sistema Integrado de Transporte Aéreo Regional. Coube ao Governo da Bahia, associado à Transbrasil e a VOTEC a criação da NORDESTE LINHAS AÉREAS. A frota inicial eram coloridos Bandeirantes oriundos da TRANSBRASIL, […]

Leia Mais →

Leia Mais →

Os E-Jets no Brasil #história

Os E-Jets no Brasil #história

A Embraer, criadora do EMB110 Bandeirante, EMB120 Brasília e a família de jatos regionais ERJ135/140/145, estes últimos nada mais do que um EMB120 esticado com asas diferentes e motores na cauda, partiu para o desenvolvimento de um jato regional do zero, desta vez chamados de E-Jets sendo esta família composta pelos E170-100, E170-200, E190-100 e […]

Leia Mais →

Leia Mais →

Brasília e o Jorge #Causo

Brasília e o Jorge #Causo

Não resisti em contar um causo depois de assistir o vídeo do crash test com o Boeing 727 no último domingo no Fantástico, quando dublaram uma mensagem de aviso como “AVIÃO CAINDO, AVIÃO CAINDO!”. Essas traduções me matam de rir (e de vergonha também), mas logo me lembrei do Jorge e o Brasília. O Emb120 […]

Leia Mais →

Leia Mais →

Memórias de um Despachante – Parte 2

Memórias de um Despachante – Parte 2

Para ler a parte 1 deste artigo clique aqui. Com o fim da LAPA, restou no pool apenas a Dinar e SW, e a Argentina começava a sofrer o curralito. A empresa que eu trabalhava começou a atender charters nacionais operados pela GOL, VIA BRASIL e NACIONAL. Na verdade o VIA BRASIL foi um único […]

Leia Mais →

Leia Mais →

Topo