banner livro

Aviação comercial na América do Sul – Uruguai

Decidi escrever uma série diferente sobre Aviação Comercial, retratando a atualidade em cada país! Começando pelo Uruguai. O pequenino país localizado ao sul do Brasil, possui uma aviação comercial quase incipiente. Sofreu um duro golpe no ano passado com o desaparecimento da tradicional PLUNA, cujos CRJ foram devolvidos ou se encontram abandonados em Montevideo (MVD), com a possibilidade de serem operados pela ALAS U, uma empresa sindical que pretende ser a nova Pluna. Os trechos domésticos não possuem demanda que sustentem linhas aéreas regulares, salvo frequências semanais em baixa quantidade.

Pluna CRJ 900

Pluna CRJ 900

Hoje o Uruguai possui apenas uma empresa aérea de linha de passageiros, é a BQB LINEAS AEREAS oriunda da empresa de navios e ônibus Buquebus. Opera com três ATR72-500 em vôos de Montevideo para Assuncion (PY), Buenos Aires (AR) em ambos aeroportos, Porto Alegre (BR) e por fim em território Uruguaio opera em Salto e Punta Del Este. A companhia tem até IFE (Sistema de Entretenimento) tímido em seus ATR e uma qualidade de catering destacada. Pretende operar com Airbus A320 de MVD para Santiago do Chile, Guarulhos e Rio de Janeiro, além de alocar os ATR até Curitiba.

BQB - Foto de Lucas Tavares

BQB – Foto de Lucas Tavares

No âmbito cargueiro possui a AIR CLASS, que opera 3 Fairchild Metro e um Boeing 727-200, todos exclusivos de carga. Sua força aérea possui alguns aviões Brasileiros fabricados pela Embraer, cujo EMB120 é o maior avião de transporte militar daquele país. Este é o panorama atual da AVIAÇÃO COMERCIAL no Uruguai.

727 da Air Class

727 da Air Class

Tags: , ,

Sobre o Autor

Alexandre Conrado, pesquisador de aviação e profissional no segmento desde 2001
Topo