banner ad

Avião cheio de jogadores da NBA se choca com OVNI

Um Boeing 757 da Delta, matrícula N650DL, que fazia o voo DL8935 levando jogadores do time do Oklahoma City Thunder de Minneapolis para Chicago se chocou com um objeto voador não identificado a uma altitude não identificada, mas que causou um dano bem identificado no Radome do avião. Agora vamos entender porque não se deve tentar chegar a nenhuma conclusão antes de ter todos os fatos em mãos para se analisar um problema:

Lataria… (Reprodução SportTV)

Bem, começando com esta bela matéria acima: Ao contrário do que está escrito, avião não tem lataria e muito menos o radome é feito de lata, senão o radar não funcionaria. Os radomes dos aviões são construídos com material não metálico (fibra de vidro ou material compósito) e são bem vulneráveis a choques (como é possível ver neste post). A boa notícia é que um avião não precisa de radome para permanecer voando.

Os jogadores tuitaram (quase todos), que alguma coisa se chocou com o avião a 30.000 pés (9100 metros de altitude). Ora, realmente seria um evento raríssimo um choque a 30 mil pés com qualquer objeto ou pássaro, ainda mais a noite. Mas opa, se os jogadores estão falando deve ser verdade né?

Só que ao contrário do que os jogadores falaram, um site de “quentinhas” da aviação informou que o choque com um pássaro aconteceu às 05:46 UTC, na aproximação final para o aeroporto de Midway.

Reprodução Airlive.Net

Verificando os dados do Flight Radar 24, temos que às 05:45 UTC o avião estava a apenas 1300 pés (400 metros), onde um pássaro como por exemplo, uma coruja, poderia estar voando sossegadamente.

Dados do voo no FR24

Agora temos que pensar: se os jogadores falaram 30 mil pés e o Airlive fala em 1300, pode significar que ninguém ouviu nada. Se não ouviram nada pode ser que nem tenha havido choque. Se houve choque, pode ter sido pássaro, mesmo que não haja vestígio de sangue, porque alguém pode ter limpado. E se foi um drone? E se foi apenas um colapso estrutural do radome por um reparo estrutural mal feito?

O fato é que se não há fatos, podemos ficar horas especulando o que aconteceu e não chegar a verdade nenhuma. Por isso eu sempre digo que temos que esperar os dados das investigações, não adianta vir perguntar para mim o que aconteceu, entenderam?

Atenção: este post contém ironia. Se não souber em qual parte, pergunte nos comentários e outros leitores explicarão com prazer.

Tags: , , , , ,

Sobre o Autor

Graduado em Manutenção de Aeronaves, com muito bom senso :) 30 anos de aviação comercial (e contando), de Lockheed Electra à Boeing 787. Tentando simplificar a complexidade da aviação.
  • Paulo_Guara Gameplay

    Lito, mas será que daria tempo de ter feito a limpeza antes do desembarque?

    • binho

      Leia o último parágrafo

      • Paulo_Guara Gameplay

        Não estou especulando. Apenas gostaria de saber quanto tempo demoraria uma limpeza no radome do avião e se seria viável ser realizada antes do desembarque. Se não entendeu a pergunta, não comente.

        • Luiz Cardoso

          KKK Nego postando com Captagon na cabeca da nisso.

          • Agnaldo Felix Silveira

            Não adiantou o alerta no último parágrafo.

        • binho

          Claro, é prioridade limpar o avião antes do desembarque.

  • Gustavo Silva

    Foi um aerolito! *tum tum dass*

  • Agnaldo Felix Silveira

    Não adiantou o alerta no último parágrafo…

  • Eduardo Barros

    O único fato certo é que os amigos do Lito vão ter de trabalhar para reparar em solo rsrs

  • Gabriel B.R.

    Como o piloto não viu um OVNI??? /s

    • Eduardo FS

      O fato de o piloto não ter identificado o que causou o choque é exatamente o que o torna (o objeto) um OVNI. Se o piloto tivesse visto, seria um “objeto voador identificado”. Se é que houve um choque…

      • Augusto Feyh

        Ele pode ter visto mas não identificado o que era. Nesse caso, seria um OVNI também.

        • Maximus_Gambiarra

          Mas nesse caso deve ter sido um OVNV (Objeto Voador Não Visualizado) mesmo.

    • Ronei Vieira Soares

      Modo invisibilidade..kkk

  • Wilson Alves Dos Santos

    Pode ser um chupa cabra

  • Plácido Vitale Neto

    Esperei o dia todo pra ver esse artigo ahahaha

  • Ravel Brantes

    Hahahaha o momento “agora sim estou livre” ao terminar de escrever um post.

    Na aviação tudo depende, então embora algo tenha acontecido, ngm se feriu e o a/c pousou sem problemas rs

  • Elias Raimundo

    Pode ter sido prova de que a terra é plana! Kkkk
    Obs: só ironia !

    • Ronei Vieira Soares

      Kkk Deve ter batido no “domo”.

  • Cleiton Junqueira Souza

    deve ser culpa do bolsonaro

  • Leonardo Vieira

    “Se houve choque, pode ter sido pássaro, mesmo que não haja vestígio de sangue, porque alguém pode ter limpado.”

    Alguém ter limpado o radome antes da investigação? Improvável. Eu diria quase impossível…

    • CARLOS LAGUNILLA

      Essa foto, pode ter sido depois da investigação. Não tem como saber.

    • murilo r silva

      mas pode ter acontecido

  • Rodrigo

    “Atenção: este post contém ironia. Se não souber em qual parte, pergunte nos comentários e outros leitores explicarão com prazer.”

    As respostas podem vir recheadas de sarcasmo. Se não souber em qual parte, péssimas notícias: existem grandes chances de você ser um terraplanista.

  • Maycon Correia

    OVNI sei. Acho que és lá marijuana

  • Guilherme Skaf Amorim

    Lito, e esse incidente com o KC-390? WTF aconteceu, já sabem??

  • Marco Antonio Martins

    Lito, hoje estava vendo sobre o voo da air france, o 447 que fazia a linha Rio Paris , vo ce já fez algum comentário sobre este acidente?

    • Não só o Lito mas o Gustavo Pilati também. Tem mais ou menos uma dúzia de posts aqui no blog relacionados com esse acidente. Use termos como AF447,447 na caixa de pesquisa no top do site.

  • Juliana F Brito

    Estou muito triste com essa aliança entre a Airbus e Bombardier, a Embraer com seus E2 está fadada ao fracasso :(

  • Elias Raimundo

    Piloto burro não sabe q tem q dar preferência aos ovines

Topo