banner livro

BBC – Big Brother Canada

Não é fácil o que ando passando nessa viagem, e hoje ao presenciar alguns pelos grisalhos no cavanhaque soube num instante que o passar dos anos (e conseqüentemente a idade) nos faz mais resistentes às pressões.
Por exemplo, imaginem a seguinte receita para um conflito:
Pegue cinco caras totalmente diferentes e faça-os ficar juntos por dois meses em um país diferente, mantenha-os confinados em uma sala de aula (em outra língua) por oito horas, num ambiente sem janela. Faça-os comer juntos comidas não muito saudáveis, sendo que uns gostam e outros abominam. Faça com que eles voltem juntos no mesmo carro, passando todo dia pelos mesmos lugares. Adicione um frio de matar e chuva quase todo dia. Mexa bem e deixe de molho por 8 semanas, na pressão.
Tem que ter muito bom humor, goela grande para passar sapos cada vez maiores e paciência, muita paciência.
E ainda ha que cuidar de lavanderia, contas a pagar no Brasil, relatório de despesas, saudade de tudo.
Considerando a situação acima, ate que estou muito bem…rs..poucas discussões até agora e por enquanto ha apenas uma baixa no relacionamento…rs..e como essa pessoa tá meio nervosa, a gente vai mandá-la pro paredão.. haha. Só rindo mesmo, é a única maneira, aprender a rir do inevitável.
Felizmente o Canadá, especificamente Montreal, é uma cidade agradável para brasileiros. Com certeza se estivéssemos em uma cidade americana por todo esse tempo, as brigas seriam bem mais freqüentes. Aqui em Montreal há pessoas andando na rua (apesar do frio enorme), são sorridentes, algumas não falam inglês e não estão nem ai se você ta entendendo ou não o que elas estão falando, teem jogo de cintura como os brasileiros, tem até uns enrolões como em um restaurante iraniano que fomos comer e nos demos mal.. hehehe. Já achei uma loja de discos de DJ e vou sempre lá comprar e ouvir vinil, uma outra loja de equipamentos onde comprei agulhas pras pickups, uma barbearia que tem um barbeiro que se chama Manuel e é espanhol, um mercado estilo quitanda que vende 200 gramas de mortadela a $3,50 e 300 gramas de queijo cheddar a $2,50 (????? Mortadela aqui vale mais que queijo!), pequenas coisas que vão fazendo o tempo passar.
Claro que há muita saudade, e apesar da cena romântica quando vou caminhar no frio, com as folhas de maple vermelhinhas caindo e enchendo as calcadas, com um casacão, cachecol, e Ipod tocando musicas que gravei do HD da princesa e que são a cara dela, eu gostaria mesmo que fosse apenas um filme. Assim, depois de duas horas a sala iluminaria, o fim apareceria na tela e já estaria na hora de voltar pra casa.

Tags: , ,

Sobre o Autor

Graduado em Manutenção de Aeronaves, com muito bom senso :) 30 anos de aviação comercial (e contando), de Lockheed Electra à Boeing 787. Tentando simplificar a complexidade da aviação.
Topo