banner livro

Bêbado e em voo noturno, achou um bar e pousou em frente

Morro e não vejo tudo.

O ano era 1956 (já disse que o povo era doido nessa época) e Tommy Fitzpatrick, com 26 anos de idade, bêbado e voando no escuro, achou o bar em que bebia com os amigos e pousou em frente à porta na rua 191, centro de Manhattan.

Duas vezes.

O maluco simplesmente apostou em uma roda de bar que “roubaria” um pequeno monomotor e o pousaria em frente ao bar, na St. Nicholas Avenue. E ele fez isso calibrado, por volta de 3hs da manhã, no dia 30 de Setembro de 1956. Decolou do aeroclube de Terteboro em New Jersey sem acender sua iluminação e sem fazer contato por rádio (claro né, talvez nem conseguisse falar direito) e pousou na St. Nicholas Avenue com a rua 191.

flybar1

O New York Times reportou como sendo um feito aeronáutico extraordinário e um grande pouso.

A segunda vez foi no dia 4 de Outubro de 1958, por volta de 1 da manhã, porque um dos novos companheiros de bebida não acreditou que ele tinha feito isso a primeira vez. Ainda bem que ninguém apostou o redondo…o relógio, digo.

flybar2

Vi aqui.

Tags: , ,

Sobre o Autor

Graduado em Manutenção de Aeronaves, com muito bom senso :) 30 anos de aviação comercial (e contando), de Lockheed Electra à Boeing 787. Tentando simplificar a complexidade da aviação.
Topo