Camiseta Electra

Boeing 777 Big Foot – Pouso e pneus em super câmera lenta #video



Em um dos meus cursos na Varig há muito tempo, apareceu um instrutor da Goodyear para falar um pouco sobre pneus de avião, cuidados, manutenção, etc. E ele tinha umas fotos sensacionais que mostravam a deformação (cinética) de um pneu durante o processo de decolagem, nunca achei esta foto em nenhum lugar da net, uma pena. Lembro também de um cálculo de aquaplanagem, baseado na pressão do pneu.

Pneu de avião tem uma tecnologia de fabricação que vocês não imaginam. Um pneu de carreta por exemplo é construído para aguentar enormes cargas mas em baixa velocidade. Um pneu de um carro de fórmula 1, ao contrário, é construído para suportar altíssimas velocidades porém com pequeno peso.

Já os pneus de avião têm que ser feitos para suportar pesos altíssimos a velocidades altíssimas! Tudo ao mesmo tempo agora!. Além do mais precisam suportar variações de temperatura em frações de segundos, já que ele vem geladinho dentro do alojamento e na hora que toca na pista passa de 0km/h para 260km/h num piscar de olhos e sua temperatura vai pra mais de 100 ºC.

E se não bastasse isso, ainda têm que ser pequenos para caber dentro do alojamento que os projetistas definem durante o projeto, não é mole não.

Este vídeo é sensacional, mostra de perto um pouso de um Boeing 777 em 1600FPS. Vejam o movimento do “truck” que vem para o pouso como as patas de uma águia, em seguida o “boogie” vai ficando paralelo à pista até que todos os pneus tocam a superfície.


(video do canal de Bagagerat)

Porém, mesmo toda esta tecnologia as vezes pode falhar devido a inúmeros fatores, e o projeto da aeronave contempla um possível estouro de pneu, tanto na decolagem como no pouso, de maneira que a enorme energia liberada na explosão não danifique de maneira significativa os componentes do trem de pouso nem a fuselagem e asa da aeronave.

O vídeo abaixo mostra um incidente durante a decolagem, em que o pneu estourou quase na hora de “descolar” da pista (momento de velocidade máxima), e abaixo o resultado após o pouso.


(Video do canal de TengoIndiaMike (sic))

Não fique preocupado com a imagem abaixo, apenas saiba que toda vez que você entrar em um avião, pelo menos 2 pessoas inspecionaram os pneus antes de você embarcar, o mecânico e o próprio piloto, e nestas inspeções a gente vê o estado geral do pneu, se não tem corte, se está perto de atingir o limite para troca, se todos os parafusos da roda estão intactos, se a pressão tá legal (alguns pneus possuem indicador de pressão nele próprio ou através de uma tela no cockpit), enfim, os pneus são mais bens cuidados do que os do seu carro…hahahaha.

Tags: , ,

Sobre o Autor

Um técnico com bom senso :) 28 anos de aviação comercial, de Lockheed Electra a Boeing 787. Tentando simplificar a complexidade da aviação.
  • Gabriel Marcassa

    E olha que nem careca ele estava!!!!!! O que pode ter causado o estouro, algum objeto na pista ou algum defeito?

  • http://www.facebook.com/people/Luis-Eduardo-Santos/100001595143027 Luis Eduardo Santos

    Lito,

    No caso do Delta, ele não chegou nem a recolher o trem (pelo menos, até a hora em que o vídeo acabou). Isso é para evitar que algum desses fragmentos do pneu causem problema lá na wheel weel?

    E como é a indicação no cockpit de que um pneu furou? Ou vai só da percepção do piloto mesmo??

    Estudei bastante coisa do 737, mas não me lembro de nada relacionado à isso!!

  • Goytá

    E a tripulação nem percebeu? Prosseguiu o voo normalmente? E no pouso, não houve problemas? E como se faz para trocar um pneu desses? Haja macaco e/ou escora para segurar um 777, 747 ou A380…

    Agora, o 777 sempre me impressiona pelo pouco comprimento de pista que ele gasta para pousar. Na maioria dos vídeos que vi, ele não parece gastar mais do que um 737 até parar. Já vi um de um 777 pousando em Manchester que é particularmente impressionante.

    Bons também alguns dos vídeos indicados pelo YouTube após o final. O do 747 pousando acelerado do cockpit é genial. (Devia ser cargueiro, porque Zaragoza, assim como Liège, Ostend, Luxemburgo, Maastricht, Dresden e Hahn, tem pouco movimento de passageiros mas é um polo importante de carga aérea na Europa.) Mas o do acidente aéreo no Irã é horripilante. Por mais que a gente tenha visto aviões explodindo no cinema, ver aquilo sabendo que foi de verdade e que muita gente morreu dá uma sensação horrível. Também não foi a mesma coisa que ver os vídeos do 11/9, porque lá os aviões mais pareciam mísseis (e de certa forma eram, mesmo), eles não são vistos diretamente explodindo e o dano nos prédios do WTC chama mais a atenção. Mas ver aquele Tu154 caindo sem apelo, se espatifando e explodindo no chão, imaginando o desespero dos pilotos e passageiros naqueles últimos segundos, foi terrivel!

    • http://www.avioesemusicas.com Lito

      @facebook-100001595143027:disqus @8c82a61fa865fb0d5c64527351ece2a9:disqus A tripulação percebeu pelo barulho e vibração. Após verificar todos os parâmetros e constatar que tudo estava ok decidiram seguir o voo para Guarulhos. Na chegada foi declarado emergência por precaução e os bombeiros acompanharam o pouso, que ocorreu sem nenhum problema maior. 

  • http://twitter.com/rndomingues Rodrigo Domingues

    Incrível o video do 777. Fantástico o movimento do conjunto quando a aeronave toca o chão.

  • Marcio

    Opa Lito!! Em 2006 eu fiz o Curso do Pneu Goodyear pela GOL e ainda tenho um Logbook da GOODYEAR Rev. 10/04,vou escannear e te mandarei via e-mail anexo. O instrutor do Curso era da VARIG ( Mas não lembro o nome dele rsrsrs ) e ele passou varias fotos , graficos e ocorrências em varias situações. ainda durante essa semana te passo o anexo!

    Abraço

    Marcio

    • http://www.avioesemusicas.com Lito

      Valeu, obrigado.

  • Daniel Martins

    Muito legal o post, é impressionante a tecnologia empregada nesses pneus realmente, e se um explode perto de você é morte na certa hehehehe…

    Nesse vídeo que compartilho com vocês aqui vemos o A340-600 em um teste, muito interessante ver até o final, sem som(música irritante!)

    http://www.youtube.com/watch?v=UocxPoUUnIQ&list=PLA60B5BDDC8D7987F&index=18

    Reparem como o avião abaixa, balança, impressionante.

    Abraços!

  • Marcelomansilha

    fascinannnnnnnnnnnnnnnnte!

  • http://www.facebook.com/people/Micael-Rocha/100001068271319 Micael Rocha

    Æ Lito!

    Tenho uma dúvida que não tem nada a ver com esse post (a não ser pelo fato de ser uma “emergência” também)

    Vendo as notícias sobre o furacão Irene, que vai passar pela costa leste dos EUA, vi algumas imagens de aviões da United parados nos pátios devido a preocupação dos grandes danos que esse evento pode acarretar. Mas aí vem a pergunta: quais as ações de segurança que a United possui para tais situações como essas? As aeronaves que estavam com voos marcados EUA/Brasil e que não mais virão, são preventivamente hangarados para evitar a fúria dos ventos? Esses aviões que não vão voar mais aos destinos previamente programados, decolarão para outros aeroportos para “fugir” das tempestades?

    Agradeço desde já!

  • Pingback: S.A.Q » O motor do 777 é realmente grande mesmo? Grande quanto?()

  • Pingback: Diferença de tamanho entre o Boeing 777-200 e o 777-300 #Perguntas : Aviões e Músicas()

  • sergio

    como trem pouso diantero aguenta tanto peso sozinho ?

banner aem
Topo