banner livro

Boeing 777 Big Foot – Pouso e pneus em super câmera lenta #video



Em um dos meus cursos na Varig há muito tempo, apareceu um instrutor da Goodyear para falar um pouco sobre pneus de avião, cuidados, manutenção, etc. E ele tinha umas fotos sensacionais que mostravam a deformação (cinética) de um pneu durante o processo de decolagem, nunca achei esta foto em nenhum lugar da net, uma pena. Lembro também de um cálculo de aquaplanagem, baseado na pressão do pneu.

Pneu de avião tem uma tecnologia de fabricação que vocês não imaginam. Um pneu de carreta por exemplo é construído para aguentar enormes cargas mas em baixa velocidade. Um pneu de um carro de fórmula 1, ao contrário, é construído para suportar altíssimas velocidades porém com pequeno peso.

Já os pneus de avião têm que ser feitos para suportar pesos altíssimos a velocidades altíssimas! Tudo ao mesmo tempo agora!. Além do mais precisam suportar variações de temperatura em frações de segundos, já que ele vem geladinho dentro do alojamento e na hora que toca na pista passa de 0km/h para 260km/h num piscar de olhos e sua temperatura vai pra mais de 100 ºC.

E se não bastasse isso, ainda têm que ser pequenos para caber dentro do alojamento que os projetistas definem durante o projeto, não é mole não.

Este vídeo é sensacional, mostra de perto um pouso de um Boeing 777 em 1600FPS. Vejam o movimento do “truck” que vem para o pouso como as patas de uma águia, em seguida o “boogie” vai ficando paralelo à pista até que todos os pneus tocam a superfície.


(video do canal de Bagagerat)

Porém, mesmo toda esta tecnologia as vezes pode falhar devido a inúmeros fatores, e o projeto da aeronave contempla um possível estouro de pneu, tanto na decolagem como no pouso, de maneira que a enorme energia liberada na explosão não danifique de maneira significativa os componentes do trem de pouso nem a fuselagem e asa da aeronave.

O vídeo abaixo mostra um incidente durante a decolagem, em que o pneu estourou quase na hora de “descolar” da pista (momento de velocidade máxima), e abaixo o resultado após o pouso.


(Video do canal de TengoIndiaMike (sic))

Não fique preocupado com a imagem abaixo, apenas saiba que toda vez que você entrar em um avião, pelo menos 2 pessoas inspecionaram os pneus antes de você embarcar, o mecânico e o próprio piloto, e nestas inspeções a gente vê o estado geral do pneu, se não tem corte, se está perto de atingir o limite para troca, se todos os parafusos da roda estão intactos, se a pressão tá legal (alguns pneus possuem indicador de pressão nele próprio ou através de uma tela no cockpit), enfim, os pneus são mais bens cuidados do que os do seu carro…hahahaha.

Tags: , ,

Sobre o Autor

Graduado em Manutenção de Aeronaves, com muito bom senso :) 30 anos de aviação comercial (e contando), de Lockheed Electra à Boeing 787. Tentando simplificar a complexidade da aviação.
Topo