banner pneufree.com

Boeing 787 pode não voar este ano

O problema estrutural encontrado na aeronave de teste é mais complexo do que originalmente descrito pela Boeing, e o voo inaugural pode ser atrasado por mais quatro ou seis meses, informação obtida por dois engenheiros com conhecimento do problema.

“Demora-se pelo menos três a quatro meses para instalar os reparos em um avião” disse o engenheiro. “É definitivamente um reparo muito caro e trabalhoso”
Um segundo engenheiro disse que o reparo será primeiro feito no avião de testes (o que não voa). Se os testes indicarem que a modificação deu certo, mais um ou dois meses serão necessários para instalar as modificações no primeiro avião que irá voar.
Ambos engenheiros disseram que o problema requer o total “re-design” da ligação da asa com a fuselagem.

787 Wing Problems

Veja a cobertura completa do problema aqui. (em inglês)

Tags:

Sobre o Autor

Graduado em Manutenção de Aeronaves, com muito bom senso :) 30 anos de aviação comercial (e contando), de Lockheed Electra à Boeing 787. Tentando simplificar a complexidade da aviação.
banner livro
Topo