banner livro

Comissário de bordo discute com passageiro e “foge” pela saída de emergência.

Um comissário da JetBlue ficou irritado com um passageiro que se recusou a pedir desculpas depois de acidentalmente atingi-lo com a bagagem e supostamente gritou obscenidades através do sistema de audio da aeronave (PA) e em seguida ativou a saída de emergência e pulou na escorregadeira e fugiu pelo pátio até desaparecer dentro do Terminal de Passageiros do aeroporto JFK em Nova York nesta segunda feira.

O voo 1052 da JetBlue estava chegando de Pittsburgh e taxiou até o Terminal 5, Gate C por volta de meio dia quando o comissário Steven Slater, 38, foi atingido na cabeça pela bagagem de um passageiro que tirava a mala do bagageiro superior.

Slater mandou que o passageiro se desculpasse mas o passageiro se recusou. Os dois começaram uma discussão até que o passageiro disse ao comissário: “Fuck Off” (não precisa traduzir né?).

Slater então se dirigiu ao PA do avIão e proferiu as mesma obscenidades para todos os passageiros frisando que o “Fuck Off” era especial para o homem que havia se recusado a pedir desculpas.

Slater então supostamente abriu a porta da aeronave em emergência e ativou a escorregadeira, pegou duas latas de cerveja na galley e deslizou porta abaixo, e correu pelo pátio até o terminal, de onde alcançou o estacionamento e dirigiu até sua residência em Belle Harbor, no Queens, disse o Oficial que está investigando o caso.

“No momento estamos trabalhando com o FAA (Federal Aviation Administration) e as autoridades do aeroporto de New York e New Jersey para investigar este incidente. Em nenhum momento a segurança dos passageiros ou dos tripulantes esteve em risco” disse o porta voz da JetBlue.

Notícia traduzida do blog do The Wall Street Journal

Esta é a foto do comissário:

Ta aí uma profissão difícil. Lidar com os diversos tipos de passageiros, que já chegam no avião frustrados por todo o stress que passam até embarcar (filas de check in, filas de segurança, aeroporto sem infraestrutura, etc) não é nada fácil.

Nada justifica a perda das estribeiras deste comissário, por mais correto que ele estivesse, ele é treinado para manter o controle da situação. Provavelmente vai perder o emprego e ganhar 15 minutos de fama em vários programas noturnos de TV (afinal lá como cá a mídia dá espaço para o que é bizarro).

Como você reagiria numa situação assim de stress? Levaria duas latinhas de cerveja também já que ia se ferrar mesmo?..rs..

Tags: ,

Sobre o Autor

Graduado em Manutenção de Aeronaves, com muito bom senso :) 30 anos de aviação comercial (e contando), de Lockheed Electra à Boeing 787. Tentando simplificar a complexidade da aviação.
Topo