banner livro

“Correio elegante” durante o voo: No seu assento ou no meu?

Imagem - Divulgação Virgin Atlantic

Imagem – Divulgação Virgin Atlantic

A Virgin Atlantic é uma empresa aérea “pequena”, mas que faz muito barulho na mídia e sem a mínima intenção de ser politicamente correta. Sua base é na Inglaterra e ela faz parte do grupo “Virgin”, do milionário e Sir Richard Branson. Ano passado a Delta Airlines comprou a parte da Singapore Airlines na empresa e passou a fazer parte do conselho administrativo.

A última “invenção” da Virgin é um serviço de “delivery” assento-a-assento, em que você pode escolher uma outra pessoa a bordo e pagar um drink e mandar uma mensagem ou entrar em um “chat” usando o sistema de entretenimento. Nada mais do que um serviço de “Correio Elegante” do século 21, só que a 10 mil metros de altitude. O comercial do serviço, apresentado pelo próprio Richard Branson é recheado de humor britânico. Já postei há algum tempo sobre filmes emotivos a bordo e como a Virgin tratou o assunto, mas eles realmente se superam mesmo nos comerciais, como este que fez sucesso na Internet e tem mais de 6 anos, que termina com a frase: “Se você quisesse dormir com ele, teria se casado [com ele]”

Tem um comercial que eu não achei no Youtube (nem sei se foi oficialmente lançado), sobre a rota New York / Londres, em que o locutor dizia que a bordo das cabines de primeira classe da Virgin você teria a maior chance de ver as “Top Models” sem roupa, e mostrava uma Top Model trocando de roupa para dormir enquanto um executivo observava logo atrás.

A outra faceta da empresa é vender a “sensualidade” de sua tripulação, com uniforme vermelho da cor do pecado e comandantes bonitões. Este comercial mostra bem a imagem que quer ser vendida:

Apesar de toda a propaganda (e fleuma e dinheiro de Branson), a Virgin não anda bem das pernas, tendo amargado um prejuízo operacional de mais de 124 milhões de dólares em 2012.

A empresa possui 41 aeronaves (fonte Wikipedia), sendo 12 Boeing 747-400 e o restante divididos entre Airbus A330 e A340.

Tags: , ,

Sobre o Autor

Graduado em Manutenção de Aeronaves, com muito bom senso :) 30 anos de aviação comercial (e contando), de Lockheed Electra à Boeing 787. Tentando simplificar a complexidade da aviação.
Topo