banner livro

CRM – Crew Resource Management [Parte 3]

Esta é uma série de artigos, leia também a parte 1 e parte 2.

Tomada de decisão

A efetiva tomada de decisão envolve a compreensão exata da situação, uma apreciação das implicações da situação atual, a formulação de planos de contingência, seguido pela implementação do melhor curso de ação. Igualmente importante é a capacidade da tripulação em reconhecer mudanças na situação, podendo assim reiniciar o processo de tomada de decisão, assegurando que as mudanças foram contabilizadas e que os planos foram alterados de acordo. Falhar ao considerar adequadamente as potenciais implicações de uma situação aumentará o risco de que uma decisão produza consequências adversas que poderão levar a aeronave a estados indesejados.

O aumento do nível de estresse poderá afetar negativamente a capacidade de um piloto de perceber e avaliar sinais do ambiente, podendo resultar no estreitamento da atenção7. Em muitos casos, esse estreitamento de atenção pode levar ao viés da confirmação, o que leva as pessoas a buscar pistas que dão suporte ao curso desejado de ação, excluindo assim pistas importantes que poderiam indicar uma hipótese alternativa e menos desejável8. O perigo dessa situação é que consequências potencialmente sérias podem não ter o apropriado nível de consideração ao determinar o melhor curso de ação possível. Como resultado, é fundamental que os pilotos considerem o pior cenário durante o processo de tomada de decisão, particularmente quando estiverem lidando com uma situação de emergência potencialmente grave.

Margem de segurança

Margem de segurança

Outro aspecto importante do processo de tomada de decisão é o conceito de modelos mentais compartilhados9. Um modelo mental individual é fortemente dependente da sua compreensão das circunstâncias, das expectativas em relação ao futuro, e experiências passadas. A experiência, ou conhecimento, que estas pessoas trazem para a situação desempenham um papel significativo no seu processo de tomada de decisão. A exposição repetida através da prática, instrução ou aprendizagem informal, como a leitura ou discussão em grupo, ajudam a preparar o indivíduo para situações potencialmente difíceis, como uma emergência em voo. Quanto mais experiência um indivíduo possuir, provavelmente mais preciso o seu modelo mental será.

Em um ambiente de equipe, todo esforço para alinhar os modelos mentais deve ser realizado. Se a equipe não for capaz de alinhar seus modelos mentais, devido às diferenças de personalidade, estilo de comunicação, ou gradiente de autoridade, informações críticas podem não ser contabilizadas ao considerar as possíveis implicações de uma situação e durante a formulação de planos de contingência. Do ponto de vista do CRM, a comunicação eficaz desempenha um papel crítico no alinhamento dos modelos mentais da tripulação. No entanto, essas técnicas de comunicação exigem prática e reforços para serem eficazes, especialmente no tenso ambiente de uma situação de emergência.

Legendas

7 CRM Standing Group, Crew Resource Management. Royal Aeronautical Society, London, United Kingdom, 1999.
8 C. D. Wickens and J. G. Hollands, Engineering Psychology and Human Performance (3rd Ed.), New Jersey, Prentice Hall, 1999.
9 T. L. Seamster, R. E. Redding and G. L. Kaempf, Applied Cognitive Task Analysis in Aviation, Aldershot, UK, Ashgate Publishing Limited, 1997.

Tags: , , ,

Sobre o Autor

Sou aluno do curso de Piloto Comercial e tenho como objetivo me tornar piloto de uma grande companhia aérea.
Topo