banner livro

Curiosidade sobre a decolagem do Antonov An 225 de GRU

Nota: O Blog está passando por algumas instabilidades devido ao número de acessos Resolvido, e ocorreu também um problema no layout que estou tentando resolver. Resolvido

Alguém perguntou no Youtube “quantos caminhões de combustível” seriam necessários para abastecer o Mriya.
Expliquei que o combustível em Guarulhos é subterrâneo e portanto apenas um caminhão bombeia tudo.

Mas aí a curiosidade bateu: Quanto de combustível foi adicionado para ele decolar ontem de GRU?

Consegui essa informação hoje: Para fazer o voo de Guarulhos para Ilha do Sal (para onde ele estava se dirigindo), foi completado com 120.000 litros de Jet-A1 (não sei quanto havia nos tanques de remanescente).

A densidade do Jet-A1 ontem em GRU era 0.806, significando que cada litro pesava 806 gramas, portanto ele levou só de combustível 96.720 quilos para uma distância de 5.122KM.

Só para efeitos de comparação, um Boeing 767-300 precisa de aproximadamente 63.500KG de combustível para voar 8.400 KM de São Paulo até Chicago.

Tags: , ,

Sobre o Autor

Graduado em Manutenção de Aeronaves, com muito bom senso :) 30 anos de aviação comercial (e contando), de Lockheed Electra à Boeing 787. Tentando simplificar a complexidade da aviação.
Topo