banner pneufree.com

De volta para fábrica

Pra quem lembra, eu postei aqui sobre o “Geared Turbofan” da Pratt & Whitney já em testes de vôo nas asas de um Airbus A340. Pois bem, depois de voar por 120 horas o PW1000G foi enviado de volta a fábrica onde será totalmente desmontado e analizado em relação à desgaste dos componentes, performance, etc.
A princípio este motor está sendo desenvolvido para equipar o Mitsubishi Regional Jet e os Bombardier CSeries, que entrarão em serviço por volta de 2013 (o motor será certificado em 2011).
purepower_pw1000g_engine_east_hartford_7_800-thumb-560x373jpg

E o que não é lindo o design dessa Fan Blade? Diferente do GenX, mas igualmente linda
Especialistas acreditam que esse novo motor da Pratt & Whitney será o principal candidato para re-equipar os Boeing 737 e Airbus A320 num futuro próximo. A Airbus já mencionou que seriam necessários entre 24 e 30 meses para substituir os motores do A320.

O motor PW1000G usa uma caixa de engrenagens para otimizar o fan de grande diâmetro em relação ao compressor interno para melhorar o consumo de combustível, algo em torno de 12-15% para os operadores (o que convenhamos, é uma enormidade).
Fotos: cortesia da Pratt & Whitney

Tags: , ,

Sobre o Autor

Graduado em Manutenção de Aeronaves, com muito bom senso :) 30 anos de aviação comercial (e contando), de Lockheed Electra à Boeing 787. Tentando simplificar a complexidade da aviação.
banner livro
Topo