banner livro

Esta foto é verídica? Ou: Quando quadrinhos e aviação se encontram.

Pense bem.
Quem seria louco de voar em cima da fuselagem de um jato comercial?
Só pode ser photoshop né?

Human Fly

Human Fly

A foto é verídica.
Contudo, o sujeito que está ali em cima é um verdadeiro mistério. Sabe-se que seu nome é Rick Rojatt, mas ele jamais foi visto sem máscara em público e desapareceu após um acidente em que tentou pular com uma moto sobre 26 ônibus (mas bateu o recorde de Evel Knievel). Coisas de gente dos anos 70, tão loucos quanto o pessoal do início dos 60 que ficavam meses voando num Cessna 172.

Este voo do Human Fly foi pilotado por Clay Lacy, o mesmo cara que ajudou a desenvolver o Learjet e criou a empresa que faz aqueles vídeos aéreos “phodásticos”. Mais sobre ele daqui a pouco.

Se você acha que não é muita coisa voar do lado de fora de um DC-8 em 1976 vestindo apenas um uniforme de algodão, devo informar que as passagens baixas vistas no vídeo aí embaixo chegaram a 250 mph (402 km/h). Em uma das passagens, o corpo do super-herói foi atingido por pequenas gotas de uma chuva que se aproximava – e naquela velocidade a água bateu tão forte que o rapaz não aguentou a dor e desmaiou. Foi levado ao hospital e ficou 6 semanas em recuperação.

20130325032253!Human_Fly_1

Naquela época o mascarado impressionava tanto as pessoas que acabou influenciando a Marvel Comics, a qual lançou o super-herói Human Fly, “o mais ‘selvagem’ dos super-heróis, porque é real“. Apesar de ter sido lançado originalmente pela Marvel, o mascarado apareceu até ao lado do Batman da DC Comics! #VaiVeno. Update: Conforme descoberto por @nicola_rj, esta capa da DC é uma montagem. O site original da montagem é este e a capa original é esta, thanks @cardoso!

BatmanandtheHumanFly

Depois do lançamento do “gibi”, Rick viajou o país inteiro, sempre uniformizado, para participar em eventos de caridade. Era tudo ensaiado nos eventos, e ao final da arrecadação dos fundos, sempre aparecia um vilão para roubar todo o dinheiro levantado. Então o Human Fly combatia o vilão e triunfava, para a alegria da criançada presente.

Mas a foto dele em cima do DC-8 só foi possível por causa do piloto daquele avião.

Um pouco de história sobre Clay Lacy

Clay foi um piloto da United Airlines em 1952, iniciando a carreira como co-piloto de DC-3. Dois anos depois pediu licença para o serviço militar, onde voou F-86 Sabre. Em 55 retornou a United mas continuou voando aeronaves militares e outros tipos para a Guarda Nacional da Califórnia. Venceu corridas aéreas em Reno. Bateu o recorde de velocidade em uma volta ao mundo com ninguém menos que Neil Armstrong a bordo como convidado de honra. O voo durou 36 horas, 54 minutos e 15 segundos, em um Boeing 747SP. Este voo arrecadou 530 mil dólares para crianças carentes ao redor do mundo. Foi também um dos poucos a oficialmente virarem o milênio antes de qualquer pessoa na Terra, pois voou em direção a Linha Internacional de Data e passou para o ano 2000 em um Boeing 727 muito antes que o resto da humanidade. Quando se aposentou da United, era o número 1 em “seniority” (o piloto mais antigo).

Com 55.000 horas de voo em 200 tipos diferentes de aeronaves, Clay é considerado o piloto mais voado do mundo. Hoje em dia, quase todas as filmagens aéreas usam seu Learjet modificado.

Acho que o cara merece respeito.

Vejam o voo do Human Fly em um vídeo muito bom da época (link do vídeo)

Tags: , , ,

Sobre o Autor

Graduado em Manutenção de Aeronaves, com muito bom senso :) 30 anos de aviação comercial (e contando), de Lockheed Electra à Boeing 787. Tentando simplificar a complexidade da aviação.
Topo