banner livro

Fokker VFW 614, um espécime raro #história

Hoje eu postei esta foto no Facebook e chamou bastante a atenção, primeiro porque mistura instrumentos digitais com analógicos, e segundo porque há um sidestick no lado esquerdo e uma coluna de controle (manche) no lado direito. Como pode isso? Que avião é este?

Attas Sidestick - Fokker VFW-614 de testes

Attas Sidestick – Fokker VFW-614 de testes

O Fokker VFW 614 foi o primeiro jato de passageiros desenvolvido para ser produzido em série pela República Federal da Alemanha (antiga Alemanha Ocidental, aproveite o gancho e relembre um pouco de história). O projeto começou a tomar forma em meados dos anos 60 e o primeiro voo aconteceu em 1971. Com o desenvolvimento da aeronave em Bremen e a produção em série pela Vereinigte Flugtechnische Werke (VFW) em Lemwerder, o caminho estava aberto para a Alemanha fazer parte do consórcio que que estava se formando desde o ano anterior na Europa, que se chamava Airbus. Muitas das inovações tecnológicas que foram aplicadas no VFW 614 pela primeira vez formam até hoje a base para desenvolvimento de novos jatos comerciais. A Alemanha sempre esteve à frente de seu tempo, mas este é um assunto para o Goytá desenvolver.
VFW614-1 Em 1965, o VFW 614 foi concebido como uma aeronave para curtas distâncias direcionada principalmente para o mercado de países em desenvolvimento. Algumas características da aeronave têm sua origem justamente neste propósito, como por exemplo os motores instalados sobre as asas (para evitar ingestão de sujeira, comum na época em aeroportos de países sub-desenvolvidos). Além da proteção contra ingestão, os motores na parte de cima permitiam construir um trem de pouso mais baixo e consequentemente mais leve, o que facilita bastante as decolagens em pistas pouco “reforçadas”. Percebam na foto que os motores não possuem reversores, diminuindo o peso estrutural e custo de manutenção menor. Um sistema excelente de freio com Anti-Skid (ABS) e Ground Spoilers sobre as asas foi desenvolvido para garantir a frenagem com segurança em qualquer pista.

Até hoje, a performance de pouso e decolagem do VFW 614 é superior a de outros tipos de aeronave de tamanho similar.

Performance de subida do VFW 614

Performance de subida do VFW 614

Durante o desenvolvimento, a Vereinigte Flugtechnische Werke (VFW) foi absorvida pela Fokker, formando a nova empresa VFW-Fokker GmbH. Depois do primeiro voo em 1971 e o acidente com o primeiro protótipo durante os testes (os pilotos saltaram, mas o paraquedas do copiloto não abriu e ele veio a falecer), a produção em série iniciou-se em 1974. Ao todo, 19 aeronaves foram construídas e apenas 13 delas entraram em serviço.

Manutenção no motor sobre a asa

Manutenção no motor sobre a asa

No final dos anos 70 o projeto VFW 614 foi encerrado, uma vez que as vendas foram fraquíssimas e a fábrica passou muito tempo sem receber nenhum pedido. Além disto, a prioridade era direcionar recursos para o consórcio Europeu, pois as vendas do primeiro Airbus não decolavam por causa da forte concorrência americana, e isso drenava a receita da fábrica. De qualquer maneira a Boeing certificou o VFW 614 como uma aeronave sem competidores naquela época, dado o alto padrão de tecnologia embutido no jato.

No início de 1998, 5 unidades do VFW ainda voavam, sendo três deles na  Força Aérea Alemã, um na DLR, Braunschweig, e um na EADS-Airbus em Bremen. As aeronaves usadas pela Força Aérea foram gradualmente substituídas em 1998, depois de 21 anos de serviços e passaram a ser usadas para treinamento em solo, simulação e exibições em museus. O modelo da EADS foi movido para o terraço de exibição do Aeroporto de Bremen. A aeronave da DLR (usada para voos experimentais e pesquisa pela ATTAS, de onde saiu a foto do painel acima) voou até 07 de Dezembro do ano passado.

Fokker VFW-614, ave rara

Fokker VFW-614, ave rara

Ok, mas e aquele sidestick de um lado e manche do outro? Aquele é um sistema de pesquisa e testes em voo, tanto de Fly By Wire (FBW) quanto do próprio sidestick e suas respostas comparadas ao controle do lado direito. Bem legal não?

Quem quiser saber mais sobre o VFW-614, este PDF em alemão feito por Joachim Kruth mostra tudo.

Philipp Jordan e Joachim Kruth fizeram esta tabela abaixo, eu apenas traduzi


Envergadura: 21,50 m Comprimento: 20,60 m
Height: 7,84 m Largura Max. da cabine: 2,66 m
Max. cabin height: 1,92 m Área da asa: 64 qm
Max. takeoff weight: 19950 kg Pouso Máx. pouso: 19950 kg
Typ. payload: 3625 kg Velocid. Máx. operacional 700 km/h / 378 kt (21000 ft)
Vel. Máx. Cruzeiro: 735 km/h (21000 ft) Mach 0.65 Velocidade de pouso: 157 km/h
Distância Min Decolagem: 830 m Distância Min pouso: 620 m
Teto Máx Operacional: 7620 m / 25000 ft Alcance Max.: 1200 km (40 Pax)
Alcance (40 passageiros): 1200 km Capacidade Max.: 44
Tripulação Mínima: 2 Potência: 2x 3390 kp = 33.2 kN
Motores: Rolls-Royce/SNECMA M45H Mk 501

Tags: , , , , ,

Sobre o Autor

Graduado em Manutenção de Aeronaves, com muito bom senso :) 30 anos de aviação comercial (e contando), de Lockheed Electra à Boeing 787. Tentando simplificar a complexidade da aviação.
Topo