banner livro

Incrível, o Rolls-Royce Trent 1000 recebe certificação ETOPS de 330 minutos

Você está se perguntando o que há de incrível nisso?

Amigos, 330 minutos são 5,5 horas!

Isto significa que o Boeing 787 vai sair com certificação para voar até 5,5 horas monomotor!

E daí?

E daí que ele vai poder voar com planos de voos muito mais eficientes do que os atuais. Hoje em dia, o Boeing 777 por exemplo é homologado para operações ETOPS de até 207 minutos, ou seja, o plano de voo tem que ser feito de tal maneira que a aeronave nunca se afaste mais de 207 minutos de um aeroporto em que possa pousar em caso de falha de um motor.
Quando este tempo é aumentado para 330 minutos, o plano de voo pode ser criado quase que em linha reta entre qualquer ponto no planeta. Muito da eficiência de operação do 787 vem deste fato de poder voar mais reto entre dois pontos. Se você tá achando meio enrolado entender o que estou falando e o que é a sigla ETOPS, dá uma olhada nestes dois posts: Este e Este.

Parabéns à Rolls-Royce, é uma boa notícia de confiabilidade nestes motores, depois de tantos problemas com o Trent 900 do Airbus A380.

A GE, com o motor GEnx, que também equipa o 787 ainda não obteve a certificação, já que começaram a voar no 787 bem depois do Trent, que já acumula 2.874 horas de voo. Entre as horas de operação entre solo e voo, já passou de 10.000 horas.

Impressiona os avanços tecnológicos nestes motores modernos, sendo a confiabilidade o maior deles. Meus amigos, para terem uma idéia de como esses motores são eficientes, o PW4090 que é usado nos Boeing 777 da United, costuma decolar de Chicago e pousar em São Paulo, voltar até Chicago, e voltar para São Paulo de novo sem levar uma gota de óleo! Quem trabalhou em motores de apenas uma geração atrás sabe que sempre tínhamos que colocar umas latinhas durante os trânsitos.

A mecânica evoluindo tanto quanto a eletrônica. E a aviação cada dia mais interessante e segura :)

p.s. Novo sistema de comentários já em funcionamento no site. Ainda há pequenos problemas a resolver como o nome das pessoas que comentam, quando acentuados, ficam com código HTML. Estou ciente do problema e procurando uma solução.

Tags: ,

Sobre o Autor

Graduado em Manutenção de Aeronaves, com muito bom senso :) 30 anos de aviação comercial (e contando), de Lockheed Electra à Boeing 787. Tentando simplificar a complexidade da aviação.
Topo