banner livro

Informações conflitantes – AF447

“Um piloto da companhia espanhola Air Comet enviou um relatório técnico afirmando ter visto no ar um clarão “forte e intenso de luz branca que tomou uma trajetória descendente e vertical” na mesma noite e rota em que o voo AF 447 desapareceu.

Segundo o relatório do comandante do voo 974 da Air Comet, que fazia o trajeto Lima-Madri na madrugada de segunda-feira, o clarão teria se desfeito em seis segundos.” fonte UOL

Se foi visto um clarão e assumindo que se tratava do Air France AF447 então é necessário confirmar os “time stamps” das mensagens automáticas enviadas via ACARS.
Um clarão significaria explosão e aviões “per si” não explodem. Se houve explosão (e ai vao especular sobre bomba ou algo que entrou em reação nos porões de carga) então como pode ter havido um time frame de 4 minutos com envio de mensagens sendo somente a ultima relativa a CABIN VERTICAL SPEED?
Ou o clarão não esta relacionado ao Airbus ou as mensagens não foram “passadas” da maneira correta.

Tags:

Sobre o Autor

Graduado em Manutenção de Aeronaves, com muito bom senso :) 30 anos de aviação comercial (e contando), de Lockheed Electra à Boeing 787. Tentando simplificar a complexidade da aviação.
Topo