banner ad

Luzes no Aeroporto – Quais são e para que servem? – Parte 1

Antes de tudo, tenho que me apresentar.

Um guri que desde muito jovem sonha em ser piloto de avião. Atualmente cursando Ciências Aeronáuticas na PUC-RS (4º semestre) com previsão de formatura no final de 2012! Fui convidado pelo Lito pra colaborar com o Blog e espero que o pessoal me ajude dizendo alguns assuntos que queiram abordar, como o de hoje!

O leitor Marcos Sampaio fez uma pergunta sobre as luzes que existem nos aeroportos:

Lito, td bem? Tenho uma duvida quanto a iluminação das pistas no aeródromo. Em muitos vídeos que vejo há iluminação no meio da pista assim como nas pistas de táxi. Como são essas luzes? é normal quebrarem quando aeronaves passam por cima?

Bom, pra começar existem muitas luzes nas pistas de pouso e táxi, vou tentar explicar algumas delas, para que servem, como são, etc.

Abaixo, 2 vídeos para ver melhor. Um é na pista 11 em Porto Alegre – RS (SBPA) e o outro é uma aproximação completa em LAX, vídeo que o Lvcivs já postou aqui no blog também!

Twilight Landing At LAX (Cockpit View) [HD]

Pouso Rwy 11 SBPA

Pra não ter que ficar indo e voltando dos vídeos, temos uma foto de outro aeroporto mas que mostra exatamente as mesmas luzes:

Runway Lights

ALSF (Approach Lighting System with Sequenced Flashing Lights): É o conjunto das luzes âmbar antes da pista e as estroboscópicas que ficam piscando de forma sequencial (tipo as luzinhas de natal).

A foto abaixo mostra certinho. As 5 luzes na horizontal são as amarelas e aquela maior acima é a strobo.

ALS

REL (Runway End Lights): O conjunto de luzes verde/vermelhas que aparecem no início/fim da pista para, como o próprio nome diz, identificar os limites dela. É um tipo de luz especial, observando-a de um lado vemos a cor vermelha para identificar o fim e do outro vemos ela na cor verde para identificar o início da runway.

Runway End Lights

REIL (Runway End Identifier Lights): Cuidar para não confundir com a acima. A REIL consiste num par de luzes vermelhas piscantes ao lado da cabeceira, distantes cerca de 10m do limite lateral da pista. Estas só podem ser vistas para quem está se aproximando para pouso.

TDZL (Touchdown Zone Lights): São luzes posicionadas logo após a cabeceira até a tão famosa “marca dos 1000ft”. Identificam o “Touchdown Zone” como o próprio nome diz. São 3 luzes de cada lado da centerline e embutidas no asfalto.

PAPI (Precision Approach Path Indicator): Estas são as luzes que se localizam ao lado da pista com o objetivo de identificar se a aeronave na aproximação final esta alto ou baixo no glideslope (ângulo de descida). Normalmente são 4 “caixinhas” com espelhos que, conforme o ângulo, mostra ou uma cor branca ou cor vermelha.

PAPI

Então se a cor muda conforme o ângulo com o qual se olha para o sistema, podemos numa leitura direta das cores saber se estamos alto ou baixo na rampa.

4 Brancas = Muito alto

3 Brancas e 1 Vermelha = Ligeiramente alto

2 Brancas e 2 Vermelhas = No glide.

1 branca e 3 Vermelhas = Ligeiramente Baixo

4 Vermelhas = Muito baixo!!

Parece difícil, mas como sempre os americanos inventam um jeito de decorar isso:

White over white, you’ll fly all night.

Red over white, you’re all right.

Red over red, you’re dead.

Abaixo uma foto de uma aeronave na aproximação final. Baseado nisso que falei até agora, ela esta na rampa ideal?

PAPI

Cuidado para não confundir o PAPI com o VASI (Visual Approach Slope Indicator). Este último tem o mesmo funcionamento, porém ao invés das caixas serem posicionadas uma ao lado da outra, são colocadas uma atrás da outra numa linha vertical. Este sistema é mais antigo e funciona bem até aproximadamente 200ft de altura, abaixo disso já não é confiável. O PAPI funciona bem até 50ft (praticamente o início do flare), por isso o nome: Precision Approach Path Indicator

VASI

Runway Edge Lights: 

Runway Edge Light

São luzes que percorrem toda a lateral da pista para identificar o limite lateral dela. Podem ser de 3 tipos:

High Intensity Runway Lights (HIRL)
Medium Intensity Runway Lights (MIRL)
Low Intensity Runway Lights (LIRL)

A HIRL e a MIRL possuem níveis diferentes de intensidade que são selecionáveis pelo operador da torre. A LIRL não tem controle de luminosidade

Para saber qual tipo está disponível em determinada pista basta pegar a carta de aeródromo (ADC) e olhar na parte inferior dela.

Ainda na pista, temos a:

RCLS (Runway Centerline Lighting System):

Centerline Light

São as luzes que identificam a centerline, ou seja, a linha central da pista. Elas têm um formato achatado e são parcialmente embutidas no asfalto. Já repararam que em vários videos onde, enquanto as aeronaves estão decolando ou pousando, fica um barulho muito semelhante ao que acontece quando passamos com o carro sobre tachões?

Reparem após o pouso o barulho

B737 Landing at Lisboa with strong crosswinds

Tudo isso somente na pista. As luzes existentes nas pistas de táxi deixo para o próximo post!

Tags: , , ,

Sobre o Autor

Amante da aviação deste criança, Bacharel em Ciências Aeronáuticas pela PUC-RS e Co-piloto ATR 600 :)
Topo