banner livro

Nem sempre boas notícias

São José dos Campos, 11 de Dezembro de 2008

A crise global afetou em cheio a terceira maior fabricante de aviões mundial. A direção da Embraer decidiu demitir cerca de 20% de seu efetivo em janeiro de 2009, o que representará algo próximo a 4 mil funcionários. As listas de dispensas estão sendo preparadas pelos departamentos da empresa e abrangerão todos os setores, tanto administrativo como o operacional da companhia.

Procurada pela Gazeta Mercantil, a direção da Embraer informou que não comentará o assunto das demissões..

Tags: ,

Sobre o Autor

Graduado em Manutenção de Aeronaves, com muito bom senso :) 30 anos de aviação comercial (e contando), de Lockheed Electra à Boeing 787. Tentando simplificar a complexidade da aviação.
Topo