banner livro

O Ed Force One está de volta #EdForceOne

APAGAR

E depois de 9 dias de reparos, motors e nose cowl novos, o Boeing 747 da turnê 2016 do Iron Maiden está operacional novamente.
Muitos me perguntaram quanto tempo demora para trocar um motor – e a resposta é: varia muito.

O procedimento de troca de um motor em si não é demorado, em 12 ou 16 horas está pronto. Acontece que quando você tem que transportar o propulsor, arrumar um time de especialistas, desembaraçar os equipamentos e ferramentas na alfândega, a coisa começa a complicar. Digo-lhes que se tivesse acontecido no Brasil o reparo não teria sido tão rápido quanto no foi no Chile, porque aqui a Receita Federal é muito mais burocrática, os requerimentos de visto para estrangeiros também é extremamente burocrático (afinal todo mundo quer imigrar pro Brasil certo?).

Bruce Dickinson, que como vocês sabem, além de vocalista do Iron é piloto profissional disse no site da banda:

A velocidade e extensão dessa operação extremamente complexa foi impressionante e estamos muito satisfeitos em receber o nosso avião de volta!
Gostaríamos de agradecer a Air Atlanta e seus técnicos maravilhoso pelo esforço fantástico em conseguir essa proeza na velocidade que conseguiram, e também agradecer à Boeing, LAN Chile, ACS e Rock-It Cargo Ltd por todo o suporte.

Apesar do reparo ter saído em tempo recorde, o pessoal de Cordoba, Buenos Aires, Rio de Janeiro e Belo Horizonte não tiveram a chance de ver o avião, mas São Paulo está confirmado.

APAGAR (2)

Tags: , , ,

Sobre o Autor

Graduado em Manutenção de Aeronaves, com muito bom senso :) 30 anos de aviação comercial (e contando), de Lockheed Electra à Boeing 787. Tentando simplificar a complexidade da aviação.
Topo