Camiseta Electra

O maior pneu de avião já construído – XB-36 Peacemaker

Quando o XB-36 foi projetado durante a segunda guerra mundial, as especificações exigiam que somente duas rodas fizessem parte do trem de pouso principal, o que exigiria a instalação do maior pneu já produzido nos Estados Unidos até aquela época. Fabricado pela Goodyear, o pneu tinha 2,80 metros de diâmetro e quase um metro de banda, pesando 600 quilos. Cada pneu possuía 30% de nylon na sua construção – o equivalente a 60 pneus de automóveis ou 12.700 pares de meia.

Por causa da pressão enorme imposta pelo peso do XB-36 nas pistas de concreto quando equipado com apenas uma roda em cada trem, ele só poderia pousar e decolar com segurança de pouquíssimas pistas na época. Como resultado deste problema, o trem de pouso foi reprojetado e os B-36 de linha incorporaram trem de pouso com 4 rodas em cada trem, o que diminuiu bastante o tamanho do pneu.

Em comparação abaixo, eu que tenho 1.82 de altura ao lado do “pneuzinho””

Eu e o pequeno pneu do XB-36

O Convair B-36 “Peacemaker” foi um bombardeiro estratégico construído pela COnvair e operado exclusivamente pela USAF (United States Air Force), de 1949 a 1959. O B-36 fi o maior avião a pistão produzido em massa em todos os tempos e possuía a maior envergadura que qualquer aeronave de combate já possuiu, com 70.1 metros, apesar de terem existidos cargueiros militares com envergadura maior. O peacemaker foi o primeiro bombardeiro capaz de lançar qualquer bomba nuclear do arsenal americano de dentro de suas duas baias sem qualquer modificação da aeronave. Com mais de 9,700 km de alcance e uma capacidade de carga de 33,000 kg, o B-36 foi o primeiro bombardeiro tripulado com alcance intercontinental sem reabastecimento.

B-36 Peacemaker

B-36 Peacemaker

Cada B-36 custou 3.6  milhões de dólares cada e o último construído foi entregue em Agosto de 1954, de um total de 388 produzidos.

Em 1959, os B-36 foram substituídos pelos mais modernos B-52.

foto do B-36 Peacemaker

A enorme asa do B-36 vista do mezanino do USAF museu em Dayton.

Tags: , , ,

Sobre o Autor

Um técnico com bom senso :) 28 anos de aviação comercial, de Lockheed Electra a Boeing 787. Tentando simplificar a complexidade da aviação.
  • Goytá

    Haja borracheiro! :-)

  • GabrielAP

    Imagino o trabalho da manutenção para substituir esse pneu!

  • Ar-sousa2012

    O peso desse pneu também é impressionante!!!!

  • http://www.facebook.com/rndomingues Rodrigo Domingues

    Fantástico! 6 radias! Imagino o barulho que não fazia!

banner aem
Topo