banner livro

O que acontece se um passageiro tentar abrir a janela de emergência com o avião voando?

Fala meu amigo tudo bem? Tenho uma dúvida!!! Será que posso abusar um pouco da sua boa vontade!?
Seguinte, estava aqui conversando com alguns amigos sobre as portas e janelas das aeronaves pressurizadas. Por exemplo, o funcionamento de uma janela de emergência, se tem alguma trava que inibe que o passageiro a abra em Voo de cruzeiro. E também as portas se além da trava da porta existe algum sistema que inibe a sua abertura em Voo.
Existe a possibilidade de abrir também a janela do piloto do 767 em Voo??? Muito obrigado. Abraços

Adesivo com instruções para janela de emergência de um avião

Instruções de abertura de uma janela de emergência

Uma pergunta interessante e a resposta também é. Na verdade, 80% da resposta está estampada neste adesivo com as instruções de como abrir a janela de emergência.

A maioria das janelas de emergência abrem para o lado de dentro, exatamente como está no desenho acima, e esta é a única segurança para impedir que o passageiro consiga abrir em voo.
Mas como?
Com a aeronave pressurizada, o diferencial de pressão mínimo entre o lado de dentro e o lado de fora da fuselagem vai ser por volta de 2PSI, e o diferencial normal de até 8PSI em voo de cruzeiro. Essa força gerada pela pressurização equivale a quase 2 0,56 quilos em cada cm² da janela! Nenhum ser humano teria força suficiente para tirar a janela do lugar mesmo que a conseguisse destravar, perceba na foto abaixo área da janela:

Homem abrindo uma janela de emergência

Tamanho de uma janela de emergência

Estes tipos de portas (ou janelas que abrem para dentro) são chamados de “plug type”, e possuem o mesmo princípio de funcionamento de uma tampa de panela de pressão, não abrem enquanto a pressão interna e externa forem diferentes.

O mesmo se aplica a janela do cockpit, uma vez que o avião esteja pressurizado, mesmo que você consiga destravar a alavanca e tente “rodar” a janela para trás, ela não sairá do lugar. As portas do 767 também são assim, mesmo que você consiga destravar aquela enorme alavanca, a porta não vai se mexer enquanto houver pressão na cabine.

Mas apesar de serem maioria, não são todas portas e janelas que abrem para dentro: existem as “non plug type”, ou seja, abrem para fora (esclarecendo que nem toda porta que abre para fora são “non plug type”, a do 777 e do 737 abrem para fora mas são plug type). Como exemplo temos as portas de porão do Boeing 777, as portas dos Airbus, as portas de porão do Boeing 767 e as janelas de emergência do Boeing 737 New Generation.

Foto da porta do Boeing 777 por dentro

Porta do Boeing 777 com sua alavanca de abertura

Como as portas dos Boeings 777 e dos Airbus abrem para fora (ou seja, justamente no sentido que a pressurização está empurrando), elas possuem uma trava de segurança (além dos roletes que encaixam em canaletas que requerem que a porta se mova verticalmente antes da abertura, que por sí já é um sistema mecânico de dificuldade). Na foto acima, com o avião no solo e velocidade menor de 80 nós, a alavanca pode ser movida e a porta pode ser aberta (se o avião estiver pressurizado, existe um mecanismo de assistência para deslocar a alavanca chamado de EPAS – emergency power assist system). Se a velocidade for maior que 80 nós, a alavanca não se move, pois há uma trava elétrica que impede o movimento. Se eu não me engano, os Airbus têm um sistema semelhante de flight lock, mas não lembro o nome nem como são os sensores.

A janela de emergência dos 737NG foram redesenhadas para abrir para fora (foto abaixo) e por conta disso, foram incorporadas duas modificações: a instalação de um sistema de flight lock que energiza na corrida de decolagem e um sistema simples que não deixa o passageiro ter acesso a alavanca de abertura se o avião estiver pressurizado, é como uma tampa que precisa ser aberta para dentro, e como a pressurização a mantém fechada, seria preciso uma força bem grande para conseguir chegar na alavanca.

Foto com as janelas de emergência do Boeing 737NG abertas

Resumindo: Não é possível abrir qualquer acesso de uma aeronave se ela estiver pressurizada. Se você assistiu um filme de Rambo, Duro de Matar, Missão Impossível e ficou com vontade de abrir uma porta em voo, tire o cavalo da chuva: se houver diferencial de pressão e a porta for Plug, nenhuma vai abrir. Se for Non Plug, o sistema de flight lock e roletes irão impedir a abertura.

Tags: , ,

Sobre o Autor

Graduado em Manutenção de Aeronaves, com muito bom senso :) 30 anos de aviação comercial (e contando), de Lockheed Electra à Boeing 787. Tentando simplificar a complexidade da aviação.
Topo