banner livro

O segundo dia em Oshkosh, primeiro incidente e encontros inusitados



Hoje, a exemplo do ano passado, ocorreu o primeiro incidente na feira (o do ano passado foi mais grave).

Logo que cheguei à EAA, dois Lockheed Martin F-16 estavam fazendo passagens em alta velocidade, depois de umas três passagens, fizeram uma curva acentuada no setor sul do aeroporto para pousarem na pista 36. O segundo F16 a pousar passou muito rápido na metade da pista e não conseguiu parar antes da pista terminar.

Tirei esta foto de longe, mostrando a posição final do F-16, com o trem do nariz quebrado:

Apesar do susto e de danos acentuados no caça, felizmente o piloto não se feriu.

Uma coisa que percebi este ano é que o número de brasileiros aumentou bastante no evento e é possível que já existam mais brasileiros que canadenses! Vamos esperar a estatística oficial sair ao final da feira.

Encontrei duas pessoas hoje, o Edmir (um dos proprietários da EJ Escola de Aeronáutica Civil), que rendeu um bom papo sobre aviação geral e depois na flight line apareceu o Fernando do Cavok perguntando se eu era o Lito…rs.
Pelo tamanho da câmera que ele tinha pendurada no pescoço, vai rolar umas belas fotos por lá.

Hoje teve novamente uma passagem em velocidade sub-sônica deste FA-18 que fotografei aí em cima, e mais uma vez eu não consegui filmar com a minha câmera, mas @objetosdedesejo capturou bem com o celular, percebam aos 1:14 o início da formação do cone de condensação no corpo do FA-18.

ABAIXEM O VOLUME SE NÃO GOSTAM DE BARULHO!!!

Tenho muito material para postar mas o tempo está curto por aqui, mas muita coisa ainda vai aparecer no blog. Agora preciso dormir que amanhã tem um convidado especial na feira: o Boeing 787 \o/.

A minha intenção é fazer um vídeo completo de walkaround e se der, a parte de dentro também.

Mantenham a escuta!

Tags: , , , , ,

Sobre o Autor

Graduado em Manutenção de Aeronaves, com muito bom senso :) 30 anos de aviação comercial (e contando), de Lockheed Electra à Boeing 787. Tentando simplificar a complexidade da aviação.
Topo