banner ad

Panorama da Aviação Comercial – Resumo

resumo

A partir da análise do panorama de cada país, notamos alguns movimentos indiscutíveis de uma verdadeira “guerra” entre LATAM e AVIANCA-TACA pelo domínio continental, a tentativa de empresas low-cost/low-fare no Chile (SKY), Colômbia (VIVA), Argentina (Com a futura FLYBondi) e no Brasil com a GOL. O aspecto geográfico e econômico tem impacto direto na performance ou tamanho das empresas, sendo o Brasil o maior mercado, onde facilmente Guarulhos em 1 ano, sozinho gira o movimento anual de Paraguay, Uruguay.

A crise econômica no Brasil e Venezuela se retratam na devolução de aeronaves ou encerramento de atividades de empresas aéreas, ainda que o Brasil esteja infinitamente superior. A Argentina mostra uma retomada de folego, visível na expansão da LATAM Argentina e da Andes. A SOL DEL PARAGUAY mostra que é possível renascer, começou com 3 jatos de 100 assentos e hoje tem 1 avião monomotor de 12 assentos e outra filosofia de mercado. A Amaszonas busca através de apoio de um sócio canadense, entrar em diversos países usando da ferramenta CRJ200 de 50 lugares.

Como prometemos, iremos criar gráficos para uma visão mais aprofundada do Brasil, aviação esta que acompanhamos mais de perto.

Tags: , ,

Sobre o Autor

Alexandre Conrado, pesquisador de aviação e profissional no segmento desde 2001
  • Daniel Bristot

    “começou com 3 jatos de 100 assentos e hoje tem 1 avião monomotor de 12 assentos e outra filosofia de mercado.” Não é o contrário?

    • Não. Por conta da crise teve uma reformulação de mercado e agora opera uma aeronave menor.

  • Pabyllo Hennesten Ribeiro

    Tem o artigo completo?

Topo