banner ad

Pessoas continuam não usando o cinto de segurança

Será que haviam 26 pessoas querendo ir no banheiro ao mesmo tempo? Quantas vezes será preciso falar para as pessoas aprenderem a ficar o tempo todo com o cinto afivelado?

Turbulência deixa 26 feridos em voo do Rio a Houston pela Continental

Pelo menos 26 pessoas ficaram feridas, quatro delas gravemente, quando um avião da Continental Airlines enfrentou turbulência durante um voo que saiu do Rio de Janeiro com destino a Houston, no Estado norte-americano do Texas, informou o Corpo de Bombeiros de Miami-Dade. A aeronave fazia o voo 128 da Continental e viajava com 168 pessoas a bordo no momento da turbulência. Depois do incidente, o avião foi desviado para Miami, na Flórida, onde os feridos foram socorridos, disse Marc Henderson, um funcionário do aeroporto.

Elkin Sierra, porta-voz do Corpo de Bombeiros de Miami-Dade, disse que 22 dos 26 feridos sofreram arranhões e batidas e passavam bem. Quatro vítimas sofreram lesões mais graves, disse ele, sem entrar em detalhes. Kathleen Bergen, porta-voz da agência americana de aviação civil, disse que o avião pousou em Miami por volta das 5h30 locais de hoje (6h30 em Brasília), cerca de uma hora depois de atravessar a zona de turbulência.

fonte: JC Online

Tags: , ,

Sobre o Autor

Graduado em Manutenção de Aeronaves, com muito bom senso :) 30 anos de aviação comercial (e contando), de Lockheed Electra à Boeing 787. Tentando simplificar a complexidade da aviação.
  • Johnny Boy

    Eita … de SSA para GRU via litoral é como viajar em estrada de terra cheia de buraco … não fica um de pé de tanto que trepida !!!

    • @Johnny Boy, se você levar um litro de leite pela ZCIT chega com um litro de chantilly do outro lado!!

  • Generoso Ferrero

    É pois é, quando não acontece nada o voo foi uma maravilha, porém quando alguns não dão bola para a segurança e com isso o voo seguir tranquilo, atrapalha a vida de quem seguiu todo

    o procedimento que é estar com o cinto atado enquanto estiver sentado.

    Lito, acredito que talves tenha que haver uma informação a nivel mundial para que todos os passageiros tenham a Cultura de estarem atados,

    por que no final sobra até para o Técnico que tem que consertar a ka! ka! do passageiro.

    O que você acha?

  • Pingback: Turbulência – A história se repete « Aviões e Músicas()

  • Pingback: E a matéria da “Super Interessante” deixou a desejar : Aviões e Músicas()

Topo