banner ad

PMDG 777x, será que vai ser bom mesmo?

Está muito próximo o lançamento do add-on mais esperado para o Flight Simulator X, o Boeing 777x da PMDG.
Desde a época em que eu voava MSFS [mais do que hoje], os fóruns do tipo AVSIM/Flightsim eram inundados com requisições para que alguém fizesse um 777 com “padrão PMDG”. E não é que a própria resolveu fazer?

Foram quase 2 anos de desenvolvimento (isto porque houve grande transferência de tecnologia do modelo anterior 737NGX, senão teria demorado ainda mais), e eu posso dizer que mais uma vez a PMDG superou as expectativas.
Mas como eu sei se o produto não foi lançado ainda? Porque fiz parte do time que ajudou a desenvolver o 777x para que ficasse o mais perto possível da realidade. Fazia parte do acordo com a PMDG não divulgar qualquer foto ou vídeo até que o programa chegasse na fase de “beta público”, o que ocorreu na semana anterior à minha ida à Oshkosh. A foto abaixo é de um voo com uma versão ainda crua e sem pintura, mas com os sistemas já funcionais. Neste estágio aí, o produto já era melhor do que qualquer outro add-on que conheço, percebe a curvatura da asa? Pois ela se flexiona durante o voo como o real.

PMDG 777 em uma de suas versões iniciais de teste

PMDG 777 em uma de suas versões iniciais de teste

Um projeto de software deste tamanho requer vários engenheiros e desenvolvedores, além de conselheiros técnicos e beta-testers. Eu fiz parte do do grupo de conselheiros técnicos, que usam o produto em sua fase inicial e vai reportando tudo que não está de acordo com a realidade.
O pessoal da PMDG é de um profissionalismo exemplar, e solicitou que cada detalhe que não correspondesse à realidade fosse reportado, não importando quão pequena fosse a diferença, e posso dizer que depois de quase um ano a versão de pré-lançamento já está perfeita do ponto de vista técnico.
Um usuário comum de Flight Simulator vai se divertir muito com o avião, sem nem ao menos arranhar a superfície de tudo que foi embutido no programa. Um comandante de 777 vai ficar de boca aberta em perceber que até a maneira que o display do CDU coloca as informações está igual à realidade. Todos os sistemas foram programados e funcionam como na vida real, até o tempo que uma simples lâmpada de indicação demora para acender. Sistema hidráulico, sistema elétrico, pneumático, tudo modelado como na realidade.
Este é o nível de detalhe que a PMDG chegou, baseado em tudo que os conselheiros passaram. A fase dos beta-testers começou há uns dois meses, e eles acharam mais milhares de bugs que nós conselheiros não percebemos, pois o nosso foco era fazer os sistemas funcionarem de acordo. Um beta-tester percebe detalhes na pintura, em cores, em sombras, na instalação do produto. Quando a versão 1.0 estiver disponível (ainda não se sabe o preço, mas geralmente por volta de 70 dólares), todo o trabalho em conjunto de engenheiros, artistas, conselheiros e beta-testers fica concretizado.

Participar do time foi uma experiência muito gratificante, e também de aprendizado, pois os pilotos [da vida real] passaram informações que não encontramos nos manuais e tenho certeza que também aprenderam detalhes de manutenção que não sabiam. Uma verdadeira troca de conhecimento.

Aos que usarão o add-on, leiam a documentação inteira e o tutorial de voo. Vá com calma. Este não é um simples avião para entrar e sair voando como um Cessninha. Ele requer estudo e muitas horas de diversão até ser domado. Se iniciar cold-and-dark, então, tenha paciência enquanto todos os sistemas dão partida em tempo real (quase 5 minutos só para isso, mas pode ser abreviado nas configurações).

Aqui vai um vídeo rápido dando só uma palhinha do que vem por aí. A minha voz tá horrível, mas é o que temos para as madrugadas insones e de cansaço.

Enjoy.

Tags: , , ,

Sobre o Autor

Graduado em Manutenção de Aeronaves, com muito bom senso :) 30 anos de aviação comercial (e contando), de Lockheed Electra à Boeing 787. Tentando simplificar a complexidade da aviação.
Topo