banner pneufree.com

Por que não tem janela mais ou menos na fileira 8 dos Boeing 737?

Respondendo a algumas perguntas feitas pelo leitor Luciano:

Boa tarde,

1- Porque os 737-700 não tem a janela mais ou menos na fileira 08?
2- Porque este equipamento na decolagem faz um barulho muito alto diferentes dos demais equipamentos concorrentes?
3- Como as turbinas estão em combustão já que na altitude que voam o ar é rarefeito?
4- Existem rotas onde o vento ajuda na velocidade do avião?

1- Bem observado em relação ao 737, mas não é apenas o -700, mas acredito que todos os 737 não possuem janela naquela área por cauda do duto de ar condicionado que passa justamente naquele local. O ar condicionado é gerado na barriga do avião e então precisa subir por dois dutos centrais de onde é distribuído pelo teto de toda a cabine.
Como os dutos são largos, não dá para colocar uma jenela naquele local.

Com esse desenho você entenderá melhor:

2- Depois você completou sua pergunta e deu para entender que você está falando do ruído interno. Não tenho dados específicos do ruído interno para comparar entre fabricantes, mas ambos são bem isolados acusticamente.

3- O ar que chega na câmara de combustão para ser queimado é obrigado a passar por vários estágios de compressão o que elimina o fator “rarefeito”. Você poderia se perguntar também: “como eu consigo respirar lá em cima se o ar é rarefeito?“.
O ar que entra na cabine também está comprimido e você consegue acender um isqueiro, por exemplo.

4- Esta não é minha praia e um meteorologista explicaria melhor, mas existem vários estudos de análise dos movimentos de vento nas camadas superiores, e sei que há o famoso Jetstream no Atlântico Norte, que faz com que uma aeronave indo dos EUA para Europa chegue quase 2 horas mais rápido do que na volta somente pelo auxilio do vento.
Correções serão adicionadas se alguém tiver mais algum detalhe.

Tags:

Sobre o Autor

Graduado em Manutenção de Aeronaves, com muito bom senso :) 30 anos de aviação comercial (e contando), de Lockheed Electra à Boeing 787. Tentando simplificar a complexidade da aviação.
banner livro
Topo