banner pneufree.com

Por quê o Bin Laden não fugiu quando ouviu os helicópteros chegando?

Imagine: você é o terrorista mais procurado do planeta, se ouvir helicóptero voando perto do seu esconderijo de madrugada não vai “picar a mula”?

Então por quê o Bin não fugiu?

Bem, esta foto talvez explique…

Esta foto mostra o que sobrou do rotor de cauda de um dos helicópteros que teve problemas durante a operação de “captura” do Bin Laden. Para os leigos, isso não quer dizer nada. Para os experts, esta foto mostra algo ainda desconhecido no mundo da aviação militar. Não há qualquer helicóptero conhecido no ocidente que possua um rotor de cauda com este artefato sobre a “cabeça” e com ausência total de rebites, além do stabilator com enflechamento negativo, de tamanho anormal e também sem nenhum rebite!

Outra coisa que chama muito a atenção são difusores logo atrás do rotor e ângulos retos e pintura absorvente (inclusive de infra-vermelho) que lembram muito o F-117, na foto abaixo:

Estes artefatos e difusores possuem uma tecnologia que deve diminuir muito a assinatura acústica destes helicópteros (que supostamente são Blackhawks adaptados na ausência de informação melhor por parte do governo americano). Sem barulho e invisíveis ao radar, a operação foi um sucesso do ponto de vista da captura do alvo…. mas…não estava nos planos a queda de uma aeronave altamente secreta.

Ou melhor, a queda da aeronave estava nos planos de contigência, tanto que ela foi explodida após a queda para não deixar vestígios. Acontece que durante a queda, a parte do rotor de cauda ficou para fora dos muros da mansão do Bin Laden e os marines não viram (ou não tinham como recuperar ou explodir a tempo).

Esta é a foto do aparelho em si, a parte que ficou para dentro dos muros:

Totalmente destruída pela explosão, para ninguém saber de que tipo de aeronave se tratava.

Um mistério que os EUA não gostariam de ter visto desvendado. Agora esta parte que está em poder do Paquistão vai render uma boa negociação para ser recuperada.
Se cair em mãos erradas, duas coisas podem acontecer: a engenharia reversa para copiar a tecnologia ou o desenvolvimento de contra-medidas para que a aeronave possa ser detectada.

Alguns artistas e especialistas em aeronaves militares já estão fazendo desenhos de como poderia ser esta aeronave caso fosse baseada no Blackhawk:


O fato é que, o que quer que tenha sido usado no ataque ao esconderijo do Bin Laden, foi extremamente eficiente do ponto de vista de não ter sido detectado no espaço aéreo Paquistanês e muito silencioso para que não tenha chamado a atenção das redondezas. Imaginem o que mais os Estados Unidos tem escondido em matéria de armamento….

Pra ler mais (em inglês), uma interessante discussão na Wired (link by @FSchuler)

Fotos destes sites: Defense Tech e The Guardian

P.S. Os americanos têm um histórico de falhas em operações com helicópteros

Tags: ,

Sobre o Autor

Graduado em Manutenção de Aeronaves, com muito bom senso :) 30 anos de aviação comercial (e contando), de Lockheed Electra à Boeing 787. Tentando simplificar a complexidade da aviação.
banner livro
Topo