banner pneufree.com

Pouso “de precaução” ou pouso de “emergência”? TAM JJ8078 #Imprensa

Hoje o G1 (Globo) noticiou o pouso de emergência do TAM 8078 em New York desta maneira:

Noticia da Globo sobre o voo TAM 8078

A matéria da Globo cita a fonte como sendo a ABC News, que anunciou assim em sua página:

Noticia da ABC News sobre o incidente com o TAM 8078

Olhando as duas “manchetes”, não passa a impressão que a notícia nacional é mais sensacionalista que a americana? Afinal de contas, “pouso por precaução” (precautório) parece menos grave que “pouso de emergência” não é?

Curiosamente, desta vez ambas notícias estão corretas em suas manchetes. Na lingua portuguesa abusa-se do termo “pouso de emergência” para qualquer evento em que uma aeronave pouse fora de escala, o que não contribui muito para quem tem medo de voar. Abusa-se também do termo “pouso forçado” e as vezes troca-se o significado, noticiando um pouso forçado como pouso de emergência e vice versa.

Na lingua inglesa os termos são melhores definidos: Emergency Landing engloba tudo, e há subdivisões: “Forced Landing” é quando uma aeronave tem que pousar imediatamente, no primeiro aeroporto que encontrar, devido a uma emergência a bordo ou outra problema que afete a segurança do voo ou dos passageiros. Um exemplo de pouso forçado: Helicóptero pousa em rodovia.

“Precautionary Landing” é um pouso em que o piloto declara emergência mas há tempo de planejar o seu pouso com antecedência, rever procedimentos, escolher a melhor pista, entre outros, e pode ser ocasionado por problemas mecânicos. Foi exatamente isto que ocorreu com o TAM 8078 hoje de manhã, portanto acertou em cheio a ABC News. Um exemplo de pouso de precaução: Aeronave decola, estoura pneu e retorna ao aeroporto de origem.

Outra categoria de emergência é o pouso na água (Ditching).

A imprensa nacional está começando a melhorar na definição de pouso forçado e pouso de emergência, mas seria interessante que houvesse a terceira definição (pouso de precaução) para evitar o uso em excesso do termo “emergência”.

Em relação ao incidente de hoje, de acordo com informações do Avherald ocorreu uma pane no trem de pouso do nariz do Airbus A330-200 que fez com que suas rodas ficassem fora da posição normal (paralelas ao eixo longitudinal do avião). A tripulação foi alertada pela torre e fez uma primeira arremetida informando que não possuía indicação de steering. Ao vir para o pouso novamente, as rodas alinharam no momento do toque.

Abaixo a foto de um observador no solo, durante a primeira arremetida.

Trem de pouso do nariz com as rodas viradas para direita

Tags: , ,

Sobre o Autor

Graduado em Manutenção de Aeronaves, com muito bom senso :) 30 anos de aviação comercial (e contando), de Lockheed Electra à Boeing 787. Tentando simplificar a complexidade da aviação.
banner livro
Topo