banner pneufree.com

Prejuízo bilionário das empresas aéreas nacionais este ano preocupa o governo

Conheci um amigo na varig que dizia assim:

O melhor negócio do mundo é uma empresa aérea bem administrada.
O segundo melhor negócio do mundo, é uma empresa aérea mal administrada.

Saiu na folha de hoje:

Os prejuízos registrados por companhias aéreas neste ano fizeram acender a “luz amarela” para o governo federal. O receio refere-se aos impactos que os resultados negativos possam ter sobre os preços de passagens e a saúde financeira das empresas.

Pelo jeito está tudo errado quando aeroportos estão congestionados de pessoas, passagens caríssimas para o usuário, tarifas aeroportuárias exorbitantes e ainda assim as empresas apresentam prejuízos e os passageiros não possuem o mínimo de conforto.

É óbvio que as empresas aéreas possuem sua parcela de culpa mas a infraestrutura aeroportuária contribui em muito para os prejuízos. O Aeroporto de Guarulhos, o MAIOR da América do Sul não possui sequer força elétrica para alimentar as aeronaves no solo. As empresas têm que investir em equipamento próprio, ou alugar de terceiros ou manter os caríssimos APUs funcionando para poderem embarcar seus passageiros. Como se não bastasse o gasto extra, ainda joga-se TONELADAS de CO2 na atmosfera por conta disso e o barulho gerado por usinas e APUs ligados beira a loucura na rampa.

Junte a ineficiência da administração aeroportuária e as falhas de gestão das empresas aéreas e teremos prejuízos bilionários com aeroportos cheios.

Link para matéria do UOL: Aqui

Tags: ,

Sobre o Autor

Graduado em Manutenção de Aeronaves, com muito bom senso :) 30 anos de aviação comercial (e contando), de Lockheed Electra à Boeing 787. Tentando simplificar a complexidade da aviação.
banner livro
Topo