banner livro

Quem sou eu? #Quiz

quiz-image_0

Fui muito badalado nos anos 1980, principalmente pela minha configuração inédita na aviação comercial.

Mas infelizmente não fui um bestseller e muito menos deixei muitos discípulos. Talvez apenas 1, bem distante. De qualquer modo, somos quase 400 irmãos fabricados. No meu país, isso foi um recorde.

Sou quadrirreator e voei no Brasil quase por três empresas. Em uma delas, fui muito lépido. Não fui moleque. Ainda voo em alguns pontos da América Latina, de onde veio minha primeira encomenda, não concretizada por forças maiores.

Tive patente militar, carreguei passageiros e carga. Tive até uma versão de conversão rápida. Fui muito versátil, principalmente em pistas curtas.

Apesar do meu tempo ter passado e minhas peças estarem cada vez mais raras, meu próximo emprego será de bombeiro no Canadá. Para isso, ganhei uma cinturinha de cerveja: uma beluga de 11000 litros. Seremos 12 nessa profissão.

Eu tenho um freio aerodinâmico um tanto… íntimo, se me entendem. Me desculpem pela observação.

Quem sou eu?

Post by Rids

Tags:

Sobre o Autor

Espaço dedicado aos textos dos leitores do AeM que colaboram com artigos de aviação.
Topo