banner livro

Quer ir ao banheiro no avião e tem medo de turbulência? Veja esta dica

Todo mundo super preocupado com o que aconteceu no voo 8065 da TAM que encontrou turbulência severa vindo de Madri para São Paulo, onde pelo menos 12 passageiros precisaram de acompanhamento médico, dois destes com fraturas. Vou escrever outro post sobre turbulência, este aqui é apenas uma dica para quem morre de medo da dita cuja, mas que precisa levantar para ir ao banheiro. Pois bem, de acordo com relatos dos próprios passageiros, várias pessoas que se feriram estavam na fila para ir ao banheiro. Pergunto: Que diferença faz você ficar em pé na porta do banheiro esperando ou em seu assento com o cinto afivelado por mais alguns minutos? Aí você pergunta: Mas se eu estou no meu assento, como eu vou saber que o banheiro agora está vago? A-há! Aí é que entra a dica que vou dar para quem viaja muito e ainda não percebeu: todos os aviões comerciais de longo curso possuem um aviso de banheiro ocupado. Basta você grudar o olho no aviso e só levantar do seu assento quando ele apagar. Se você levantar correndo e outro passageiro que também viu o aviso apagar já estiver mais perto do banheiro, volte para o seu assento, afivele o cinto e espere mais um pouquinho, afinal você teria que esperar de qualquer jeito certo? Melhor sentado e afivelado do que em pé.

Mas onde fica esse aviso?

Depende do avião e da empresa aérea, mas os avisos geralmente ficam no teto e em várias posições para que todos possam enxergar. Vejam alguns exemplos de como são esses avisos: ocupado-ua livre-ua livre ocupado2 Occupied

E como eles funcionam?

Através de um sensor embutido no sistema de trava da porta do banheiro. Quando todos os banheiros estiverem com suas portas fechadas e travadas, o aviso de ocupado acende. Quando qualquer porta for destravada, o aviso apaga. Então, agora que já sabem que existe um aviso, não precisa mais ficar em pé na fila para ir ao banheiro, afinal de contas o avião foi projetado para aguentar a pior turbulência que possa existir com mais 50% de folga, mas você não.

Puxa, mas e se a turbulência acontecer bem quando estou em pé indo ao banheiro?

Bem, vai ser uma falta de sorte. O que eu faço quando levanto, mesmo com ar suave, é me apoiar nos bagageiros superiores (porque eu sou alto), então, mesmo que um solavanco me pegue desprevenido, estarei apoiado em algo e preparado para cair em alguma coisa que não sejam meus membros. Se você for baixo pode apoiar no encosto dos assentos e estar sempre alerta como um escoteiro. Se já estiver sentado no vaso (ou em pé), segure nos apoios que existem em todos os banheiros de avião. A foto abaixo é de um banheiro de cadeirante em um 777 da United, percebam a quantidade de lugares para se segurar (4 alças). Os banheiros comuns possuem ao menos uma alça (PQP, como era apelidado nos Fuscas). Pano_IMG_20110825_144817 Todos os anos temos incidentes de pessoas machucadas por turbulência, alguma vez alguém já leu que um piloto se machucou em turbulência? Claro que não, porque os pilotos JAMAIS soltam o cinto de segurança. Então amigo, faça um favor a você mesmo e a todos que estão a sua volta: obedeça o aviso que está bem à sua frente e mantenha a calma, afinal turbulência não derruba avião. fasten-seat-belt

Tags: , , ,

Sobre o Autor

Graduado em Manutenção de Aeronaves, com muito bom senso :) 30 anos de aviação comercial (e contando), de Lockheed Electra à Boeing 787. Tentando simplificar a complexidade da aviação.
Topo