banner pneufree.com

Rick Nelson Comprou Um Avião CHEIO de Problemas

Rick Nelson…já ouviu falar? Então se ajeite aí no sofá que Hoje temos história de Aviões e Músicas.

Eric ‘Rick’ (também conhecido como ‘Ricky’) Hilliard Nelson foi apresentado ao público americano no programa de rádio de seus pais em 1949, e cresceu como um ídolo adolescente na série de televisão em que o programa de rádio se transformou, “The Adventures of Ozzie and Harriet”. No programa, muitos dos episódios foram baseados nas experiências da vida real da família, que incluía o pai de Ricky, o líder de big band Ozzie Nelson, a mãe Harriet Hilliard Nelson, e o irmão mais velho, David.

Considerado por alguns como a “Família da América”, o show representou uma idealização simples e honesta da vida americana dos anos 1960, e forneceu ao Nelson mais jovem o trampolim que mais tarde lançaria Ricky para se tornar parte da vanguarda dos artistas de “country rock”.

Ricky se apresentou pela primeira vez no programa de seus pais cantando o hit do conjunto Fats Domino “I’m Walking”, em abril de 1957 – reivindicando a honra de ser a primeira estrela de videoclipe, já que, uma semana após a exibição na televisão, o disco vendeu um milhão de cópias.

À medida que a demanda pela música de Nelson ressurgia, também crescia a necessidade de um transporte confiável e rápido. Acostumado a usar um Learjet, ele percebeu que as contas não fechavam, era muito caro. Então em maio de 1985, mudou para um Douglas DC-3 de 14 lugares, construído em 1944 com o registro N711Y. O avião teve uma longa história de proprietários, desde o milionário Richard C. DuPont, fundador da US Airways, até o astro do rock Jerry Lee Lewis.

Não existe avião velho quando a manutenção é feita corretamente, mas a confiabilidade do DC-3 do Rick não era das melhores…

Os membros da banda compartilharam temores com suas famílias sobre a aeronavegabilidade do DC-3. A esposa do guitarrista Bobby Neal, pediu que ele não embarcasse no avião. O baixista Patrick Woodward contou a sua esposa sobre os dois pousos de emergência. “Ele disse que ia morrer naquele avião e falou sério”, lembrou ela. A esposa do técnico de som Clark disse, “Eu odiava o avião porque toda vez que ele entrava eu ​​pensava que seria a última vez. A banda odiava o avião” .
A cunhada do pianista Andy Chapin, acrescentou: “Ele não queria ir naquele avião”. Ela disse que Chapin disse a ela “que era um avião muito ruim. Ele não confiava nele. Ele sempre falava com meu marido sobre isso, que ele não confiava no avião, que todos os caras sentiam o mesmo na banda” .

Tags: , , ,

Sobre o Autor

Equipe Aviões e Músicas [email protected] [email protected] (11) 9 6920-3129 (Comercial)
banner livro
Topo