banner pneufree.com

Série semanal #5 – Bee Gees

Fechando o meu atrevimento na área de música vem talvez a forma mais aérea que conheci um grupo! Sou viciado (este é o termo correto) no filme APERTEM OS CINTOS O PILOTO SUMIU! E foi neste filme que ouvi uma música cantada por mulheres (???) cujo refrão dizia AH AH AH STAYN ALIVE, STAYN ALIVE e aquilo ficou em minha cabeça! Apenas em 1995, quando o TAKE THAT lançou HOW DEEP IS YOUR LOVE, eu fui tomar conhecimento dos IRMÃOS GIBB, conhecidos mais por BEE GEES e a partir disso foi paixão a primeira vista!

Nascidos na Ilha de Man, começaram a carreira na Austrália. Seus ritmos variaram do rock psicodélico a baladas românticas com direito a dominarem a DISCO MUSIC, COUNTRY, COUNTRY ROCK, ROCK e afins. A imagem que se tem de BEE GEES mais fixa talvez seja a época de OS EMBALOS DE SÁBADO A NOITE, onde produziram praticamente toda trilha do filme e até o surgimento de TITANIC, era a trilha sonora mais vendida da história.

O grupo era formado por 3 irmãos: BARRY, o mais velho e os gêmeos ROBIN & MAURICE. A família tinha outros filhos, inclusive o caçula foi artista também, era o ANDY GIBB. Não vou me ater aqui a contar a história toda, mas sim citar músicas como SPICKS AND SPECKS lançada em 1967 na Austrália, depois veio NEW YORK MINING DISASTER 1941 que contou com um golpe de marketing lançado como BE… ES. As pessoas achavam que era Beatles, compravam e gostavam mas era Bee Gees e assim o grupo foi se firmando nas paradas. Ainda na década de 60 tivemos TO LOVE SOMEBODY, I´VE GOTTA GET A MESSAGE TO YOU como boas músicas. Os anos 70 chegaram e com eles novas músicas como HOW CAN YOU MEND A BROKEN HEART e RUN TO ME. Após alguns fracassos o grupo se mudou para os Estados Unidos e começou a apostar em DISCO MUSIC, pois na época KC AND THE SUNSHINE BAND explodia com THAT´S THE WAY (I LIKE IT). Eis que surgiram com músicas como NIGHTS ON BROADWAY, JIVE TALKIN e por fim em 1976 lançaram YOU SHOULD BE DANCING. Nesta época surgiu também a famosa voz fina (falsete) de Barry Gibb, que virou a marca registrada do grupo.

Robert Stigwood, ex-produtor do grupo estava com um filme em mãos e convidou o grupo a criar a trilha sonora, eis que surgia SATURDAY NIGHT FEVER. Foi o trampolim dos irmãos Gibb para o sucesso mundial. As músicas STAYIN ALIVE, MORE THAN A WOMAN, HOW DEEP IS YOUR LOVE, NIGHT FEVER, IF I CAN´T HAVE YOU e EMOTION (essas duas últimas feitas pelo Bee Gees mas gravadas por terceiros) transportaram os BEE GEES para o sucesso eterno.

Em 1979 vieram sucessos como LOVE YOU INSIDE OUT e TOO MUCH HEAVEN. Mas eles monopolizaram de tal forma o cenário musical da época que as rádios simplesmente pararam de tocar BEE GEES, inclusive no próprio filme APERTEM OS CINTOS o avião derruba uma antena de rádio após a vinheta “ONDE A DISCO MUSIC NUNCA VAI MORRER”. Saíram de cena, foram produzir terceiros com BARBRA STREISAND, cujo sucesso GUILTY é de Barry Gibb. Em 1993 ressurgiram com o álbum SIZE ISN´T EVERYTHING cujos destaques são PAYIN THE PRICE OF LOVE e FOR WHOM THE BELL TOLLS. Finalmente o grupo reencontrou o sucesso desta vez como POPs ao lançar STILL WATERS em 1997, cujo single ALONE foi ao topo das paradas! A década de 90 foi de prêmios e ressurgimento e por fim IMMORTALITY produzida por eles 100% para a Celine Dion, que explodiu também.

Maurice Gibb morreu em 2003 e o grupo acabava ali. Robin veio a morrer em 2012 mas a obra de BEE GEES é eterna e rica, com diversas nuances e neste artigo busquei citar grandes músicas, indispensáveis a uma boa trilha sonora. A harmonia vocal deste trio é maravilhosa e é um grupo que tenho uma quantidade razoável de álbuns como LOVE HITS, THE GREATEST HITS e THE BEST OF BEE GEES, além de STILL WATERS. Vale a pena ter na sua coleção BEE GEES, seja para DISCO, seja para POP, seja para BALADA ROMÂNTICA, Bee Gees vai muito bem. É mais uma obra eternizada!


Tags: , ,

Sobre o Autor

Alexandre Conrado, pesquisador de aviação e profissional no segmento desde 2001
banner livro
Topo