banner livro

Trem de pouso recolhe no solo?

Ontem a noite eu compartilhei um vídeo no Facebook que mostrava um Airbus recolhendo o trem do nariz no solo. Não conheço a origem do vídeo nem quando o incidente ocorreu.

Algumas pessoas não entenderam o que aconteceu e outras questionaram se não seria viável ter um sensor que não permitisse que o trem de pouso recolhesse daquela maneira.

Em condições normais, um trem de pouso não pode ser recolhido no solo, pois existe uma trava mecânica na alavanca de acionamento que só destrava em duas condições:

1- O avião saiu do chão (condição de voo)
2- Alguém acionar um botão de destravamento (override)

Em 99,99% dos casos, o botão de destravamento só vai ser utilizado pelo pessoal de manutenção, já que existem alguns checks que requerem q pressurização das linhas hidráulicas que comandam os atuadores de recolhimento do trem. Estes checks obrigatoriamente mandam que se instale pinos de segurança para evitar o recolhimento acidental, pois contra a força hidráulica de um avião não há argumento..rs. Não interessa o peso que está sobre o trem, a força hidráulica vai mover a perna (especialmente do trem do nariz, os trens principais recolhem para o lado, então a força de deslocamento é muito maior do que a força hidráulica é capaz de suprir).

Não sei o que ocorreu no incidente do vídeo, mas com certeza o pino de segurança não estava onde deveria estar.
A aeronave é um Airbus A320, no caso dos Airbuses não existe o botão de destravamento que eu mostro no vídeo, pois a proteção é feita por circuito lógico, porém mesmo que o circuito lógico falhe, ainda assim com os pinos instalados não haveria o colapso.

Segue o vídeo com as explicações.

Tags: , ,

Sobre o Autor

Graduado em Manutenção de Aeronaves, com muito bom senso :) 30 anos de aviação comercial (e contando), de Lockheed Electra à Boeing 787. Tentando simplificar a complexidade da aviação.
Topo