banner livro

Turkish A-320 voo TK-1878, o acidente e a segurança

Hoje vai aparecer em todos os jornais o incidente com o Airbus A-320 da Turkish, prefixo TC-JPE que seguia de Milão para Istambul.

O voo seguiu tranquilo até o destino, quando na hora de pousar na pista 05, rolou para a direita encostando o motor e asa na pista. Neste momento não é possível afirmar o motivo ou se o trem de pouso direito “colapsou”.

O piloto iniciou uma arremetida e pousou 20 minutos depois, quando a aeronave deslizou pela pista sem o trem direito e derrapou no final. Todos os passageiros evacuaram a aeronave em segurança e não houve feridos.

Quando se fala que aviões são seguros, não quer dizer que sejam infalíveis, mas sim que são projetados para sofrer determinados danos e continuar operando sem que se coloque as vidas em risco.

Esta foto demonstra bem o dano que ocorreu no primeiro pouso. Mesmo com essa monta de danos, continuou voando como foi projetado. Aliás, aviões adoram voar.

Turkish Air  TC-JPE voo TK-1878

Turkish Air TC-JPE voo TK-1878

_Putz Lito, e o combustível não vazou com esse estrago?

Não, essa parte da asa não é estrutural e não leva combustível, é por ali que passam vários comandos, atuadores, fios, etc.

Passageiros felizes e tirando selfies após o evento.

Selfies

Selfies

Estes são os fatos. Daqui a pouco leiam os relatos sobre histórias de horror, pânico, passageiros desesperados, fogo a bordo, o passageiro que milagrosamente perdeu o voo… you get the idea.

Bom final de semana.

Tags: , ,

Sobre o Autor

Graduado em Manutenção de Aeronaves, com muito bom senso :) 30 anos de aviação comercial (e contando), de Lockheed Electra à Boeing 787. Tentando simplificar a complexidade da aviação.
Topo