banner livro

Um 737 da ANA voa quase de barriga para cima

ANA Senior Executive Vice President Shin NagaseUm 737-700 da ANA (All Nippon Airways) em rota para Tóquio voou praticamente de barriga para cima após o avião mergulhar de nariz, informou nesta quarta-feira o órgão de segurança e proteção ao voo do Japão (Japan Transport Safety Board).

O vôo 140 de Naha para Haneda, com 117 pessoas a bordo, conseguiu pousar no aeroporto de Tóquio, após ter perdido cerca de 1.900 metros de altura em 30 segundos quando voava em cruzeiro a 12.500 metros. Dois comissários de bordo ficaram ligeiramente feridos, enquanto quatro passageiros queixarem-se de problemas de saúde mais tarde.

O chefe do conselho de segurança, Norihiro Goto, disse em entrevista coletiva que os dados da caixa-preta do Boeing 737-700 mostraram que no incidente, que ocorreu em 06 de setembro às 22h50min, o jato bimotor rolou para a esquerda e mergulhou depois de ter rolado suavemente para a direita, o co-piloto operou equivocadamente o pressionou o botão do comando de compensação do leme na cabine de comando.

A aeronave continuou a rolar até atingir 131,7 graus para a esquerda, deixando-a quase de barriga para cima, de acordo com o conselheiro, já o nariz chegou a apontar 35 graus para baixo em determinado momento.

“A força centrífuga (exercida pela manobra) pode ter ajudado a diminuir o impacto sobre os passageiros,” Goto disse.

Após a revelação de que o avião tinha voado quase de barriga para cima o Vice-Presidente Executivo Sênior  da ANA, Nagase Shin, disse em uma entrevista coletiva:

“Nós pedimos desculpas por causar problemas e ter deixado tremendamente ansiosos os nossos passageiros.” A manobra não intencional, foi causada quando o co-piloto, na tentativa de destravar a porta da cabine para o capitão que estava retornando de uma sala de descanso, confundiu o botão do compensador do leme de direção com o interruptor de bloqueio da porta da cabine de comando, que ficam próximos.

O incidente ocorreu quando o avião estava voando sobre o Oceano Pacífico a cerca de 40 quilômetros ao sul de Hamamatsu.

O conselho de segurança de transporte está investigando o incidente.
(c) 2011 Kyodo News International, Inc.

 

Tags: , , ,

Sobre o Autor

Sou aluno do curso de Piloto Comercial e tenho como objetivo me tornar piloto de uma grande companhia aérea.
Topo