Um vídeo de tirar o fôlego: U-2 no limiar do espaço

Vendo este filme você vai entender um pouco do porque o U-2 é considerado o avião mais difícil do mundo de voar.

Cada piloto tem um co-piloto que segue o avião na pista em carros esportivos! A maioria dos carros são Pontiac GTOs ou Chevrolet Camaros.

Estes carros dão instruções para os pilotos durante os pousos já que vestidos com uma roupa espacial eles não conseguem ver a pista direito, além do que o trem de pouso é como se fosse uma bicicleta!

Na hora da decolagem, as asas do U-2 que se estendem por mais de 31 metros e literalmente “batem” na corrida. Para estabilizar as asas na pista, duas barras com rodas apóiam as pontas, após a decolagem elas se separam da asa.

A razão de subida é impressionante a quase 10.000 pés por minuto! Dentro de 5 minutos ele já está a 40,000 pés, mais alto que quase todos os aviões comerciais e ele ainda pode subir até 80.000 pés!!

A sensação de estar lá em cima é indescritível, quando se olha pela janela é como se estivesse flutuando, parece que você não se move, apesar de estar a mais de 800KM/h.

O U-2 foi construído para ir mais alto que qualquer outra aeronave. Ainda hoje, quase 50 anos depois que entrou em serviço, ele continua voando mais alto que qualquer outra aeronave do mundo, exceto o ônibus espacial.

E continua fazendo missões e voando mais longe do que nunca, são aproximadamente 70 missões por mês sobre o Iraque e o Afeganistão.

Os pilotos voam uma média de 11 horas em cada missão, mas muitas vezes acima de 11 horas lá em cima, solitário.

Por voar tão alto, o U-2 tem a possibilidade de efetuar espionagem (reconhecimento, como os americanos dizem) sobre qualquer país sem invadir o espaço aéreo. Com uma poderosa visão lateral de equipamentos, ele pode ver mais de 600 km dentro de um País sem chegar perto do espaço aéreo. Os equipamentos podem “ver” através das nuvens inclusive em escuridão total. Também possui escuta eletrônica e pode interceptar conversas 28KM abaixo!

O U-2 é um incrível feito de engenharia e já faz parte da história… as vezes eu penso que os engenheiros lá atrás eram meio visionários (ou malucos), porque é impressionante a quantidade de tecnologia que eles desenvolveram usando apenas réguas de cálculo e calculadoras (principalmente os [engenheiros] da Lockheed). Hoje a gente vê os engenheiros se matando pra resolver problemas que o computador calcula e ainda assim andam fazendo “besteira” (vide A380/B787).

E se você gosta de história, não deixem de ler sobre o U-2 que caiu em território russo durante uma missão de espionagem.

Aproveitem a viagem no vídeo!

Lockheed U-2

Tags: , ,

Sobre o Autor

Um técnico com bom senso :) 28 anos de aviação comercial, de Lockheed Electra a Boeing 787. Tentando simplificar a complexidade da aviação.
  • Lvcivs

    Outra coisa que eu acho impressionante na capacidade da Lockheed, é que praticamente ao mesmo tempo que fizeram o U2, voando subsônico a 80 mil pés, fizeram o SR-71 que voava a Mach 3 a 80 mil pés… ISSO é impressionante!

    • Alessandro

      Esse SR-71 deve gastar muito combustível!!!

  • http://www.facebook.com/profile.php?id=1038456444 Felipe

    Imagina só o empuxo desse motor, pra ele conseguir subir tão rápido assim, é claro que o U-2 deve ser leve, mais ainda assim, deve ser um Sr. MOTOR.

    • Alessandro

      Ele estava pousando só com 2 trens de pouso,o princal e o de cauda (bequilha)!

    • Lvcivs

      O motor nem é nada tão absurdo. O lance é que a velocidade de overspeed dele é muito baixa e a asa gera muita sustentação. Então ele sobe que nem um foguete a uma velocidade indicada muito baixa.

      O U2 é quase um planador com um motor a jato, rs

  • Victor Medici

    Clap Clap Clap Clap..!!

    Ótimo video, acft, pilots, mechs, engenheiros…

    extremamente estável em regime cruise hein !!!

  • http://www.aeroentusiasta.com SIMIONI93

    Wow!

    A leitura dos instrumentos é surreal hehehe

    • Alessandro

      140 Knots a FL 700.

  • Lucas Bustamante

    AHAUH o cara falando "preciso coçar minha cara", deve ser mto ruim qnd começa a coçar e vc nao pode tirar o capacete '-'

  • Máximo.

    Loko esse U2!!!

    Queria saber uma coisa, se alguem sabe ai.

    Parece que tem um motor pequeno nas pontas das asa?

  • http://www.virtualvarig.org Hiroshi

    estava observando..

    eles não tem altitude de transição né…como os aviões normais…

    após não sei qtos pés continua no altimetro 3021….

    ao inves de ser 2992 ou 1013

    existe alguma explicação lito?

    • http://www.virtualvarig.org Hiroshi

      depois que fui ver só no FL600 que eles mudam o altimetro

  • Paulo Bueno

    No museu aeroespacial de Washington tem um estande só para este projeto. Ele foi desenvolvido com o objetivo primário de espionagem durante a guerra fria. Muito show!

  • Rodrigo

    Putz, que maravilha de vídeo… o que o cara deve sentir lá em cima deve ser algo inexplicável… o hilário é que ele não tem um IAS muito alto… mas 140kt a 70.000 pés deve dar um GS beeeeem generoso

    • Rodrigo

      aah, só agora que eu reparei… 0.7 mach a FL700… Achei que fosse bem mais

  • Leandro

    Pois é… já conhecia esse vídeo…

    É de tirar o fôlego mesmo. É sempre bom vê-lo depois de um dia difícil no trabalho ou na faculdade.

    Da até pra imaginar que lá em cima a gente deve tar mais pertinho de Deus… de tão lindo que é tudo de lá. Surreal.

  • Pingback: U-2: o avião « VamosFugir.net

  • Cairo

    Cara q surpresa no final era o james (capitao lerdo) do topgear :P

    So não entendi muito a parte dos carros no pouso e decolagen…

  • leomeca

    muito legal o video ! 
    mas so uma coisa, pelo que eu sei eu acho que o aviao que voa mais alto é o SR-71 black bird que chega a 85 000 pes

    • http://www.avioesemusicas.com Lito

      A especificação de teto de serviço (service ceiling) do SR-71 é 85 mil mas as missões dele não eram nesta altitude. O service ceiling do U-2 é “documentado” a 77 mil se não me engano, mas há reportes de voos a 88 mil pés. Agora o recorde mesmo de altitude é do MIG 25, a 123.520 pés…. bem louco isso.

      • Goytá

        E ainda tem seu valor. Os satélites espiões têm um problema: podem estar do outro lado do mundo quando se precisa de uma fotografia de um lugar *agora*. É bem possível que tenha havido um U-2 tirando fotos de Abbottabad quando lançaram a operação para matar o Osama Bin Laden. Se invade o espaço aéreo ou não, juridicamente é discutível, porque ninguém nunca definiu a que altitude acaba o espaço aéreo, se acabar. Mas é tão alto que isso é quase irrelevante, porque poucos países têm mísseis e até radares capazes de atingir essa altura.

  • Pingback: A prova visual do avião mais difícil de se pousar da história: o U-2 #video « Aviões e Músicas

  • Sergio

    Nao vi Lito retiraram 

    • http://www.avioesemusicas.com Lito

      Atualizei com novo link. Abs

Topo