banner pneufree.com

Vazamento do relatório do acidente com o candidato Eduardo Campos em Santos

Hoje Ontem o Estado de São Paulo antecipou a direção que se encaminha o relatório final sobre o acidente com o jato em que viajava o candidato à presidência Eduardo Campos.

Reprodução Estadão

Reprodução Estadão

Em primeiro lugar, o vazamento de “conclusões” antes do relatório final (ou SUMA) do CENIPA é apenas isso, um vazamento e nada mais. Não engloba todas as possibilidades e concatenações que levam a um desfecho sobre o acidente. Já expliquei que os relatórios do CENIPA, ao contrário dos relatórios do NTSB, não apontam para uma falha raiz, e sim para todos os fatores contribuintes que determinam a ocorrência final.

Para os conspiracionistas,apontar falhas humanas a alguém que não pode se defender é o supra-sumo do caldo de cultura para novas aberrações sobre a CIA e coisa e tal. Ah, se forem atrás do link postado, pesquisem também sobre as maluquices de Wayne Madsen, e riam…ou não. E aproveitem e pesquisem também sobre o relatório do Asiana que “pousou” se quebrando todo em San Francisco, os pilotos sobreviveram e puderam se defender de terem errado, mas contra os fatos não houve argumentos.

Para os que querem um culpado, os inquéritos policiais seguem em paralelo e provavelmente serão divulgados antes do relatório final do orgão de prevenção de acidentes.

Para os profissionais da área, mesmo os que se mantiveram calados (e que se manterão até a publicação do relatório final) antecipavam em conversas privadas o que agora se apresenta como uma sucessão de falhas humanas. A aviação só é segura enquanto os procedimentos são seguidos.

Os tipos de erros e omissões que aparecerão neste relatório provavelmente jamais aconteceriam na aviação comercial (operadas sob os regulamentos do RBAC 121, que é uma tradução das FARs 121, que seguem uma convenção).

Vão ficar lições para os operadores que voam sob as normas de taxi-aéreo e aviação geral.

Espero que aprendam e sigam as recomendações do relatório.

Tags: , , ,

Sobre o Autor

Graduado em Manutenção de Aeronaves, com muito bom senso :) 30 anos de aviação comercial (e contando), de Lockheed Electra à Boeing 787. Tentando simplificar a complexidade da aviação.
banner livro
Topo