banner pneufree.com

Boeing 777, O Melhor Avião do Mundo?

Hoje vamos falar do meu avião preferido da atualidade, o Boeing 777.

Eu aconselho um assento agradável aí no seu sofá, o pratão de comida e já pega a sobremesa e a pipoca, que vocês pediram muito esse vídeo. Senta Que Lá Vem História.

Estamos em 1978…tá, eu sei que muitos de vocês nem eram nascidos, mas Night Fever dos Bee Gees tava no topo das paradas, e a cultura popular estava sofrendo mudanças significativas. A Boeing, por sua vez, já pensava em como substituir o seu widebody de maior sucesso de vendas, o Boeing 747. A idéia, era competir com o DC-10 da McDonnel Douglas, o Tristar da Lockheed e o então ainda novo Airbus A300B4. Agora eu te pergunto, porque o primeiro 777 que saiu da fábrica era 777-200 e não 777-100?
Porque o traço 100 era um trimotor muito parecido com o DC-10, para cruzar oceanos sem problemas. Isso mesmo que você tá vendo… o 777-100 era praticamente um DC-10. Só que algumas regras de aviação estavam mudando por causa da tecnologia, e ETOPS era uma delas. Aviões poderiam cruzar oceanos com apenas dois motores. Para entender mais de ETOPS, veja o episódio 410.

Oras… se não precisaria mais do terceiro motor, advinha quem se interessou pelo 777-100? Isso mesmo, ninguém. E como o 757 e 0 767 já haviam sido lançados com essas novas regras de ETOPS, então só faltava ter um irmão maior que pudesse fazer a mesma coisa.

Mas enquanto o Bee Gees ainda rolava na vitrola, não havia tecnologia para fazer um avião tão grande com apenas dois motores.
Aí a gente avança para 1986, com o avanço da tecnologia, a Airbus já estava desenvolvendo o A340 e o A330 para serem os sucessores do A300. A Douglas, desenvolvia o MD-11, com muitos avanços digitais..e a Boeing, bem, queria alongar o 767…eles não tinha nada de novo pra preencher a fatia de mercado entre o 767 e o 747. Então os engenheiros foram pra chefia e falaram: seguinte, temos que fazer um avião do zero, com fuselagem bem larga, um alcance intercontinental e custos operacionais mais baixos que um 767 alongado.

E agora, começa a verdadeira história de como se faz um avião vencedor. Com inovação. E de onde vem inovação?

Tags: , , , , , , , , , , , , ,

Sobre o Autor

Equipe Aviões e Músicas [email protected] [email protected] (11) 9 6920-3129 (Comercial)
banner livro
Topo