banner pneufree.com

Bruxas da Noite: As Aviadoras que Aterrorizavam os Alemães

Na Segunda Guerra Mundial as bruxas da noite existiram e eram temidas pelos soldados alemães que lutavam na Rússia. Senta Que Lá Vem História

Um dos sons mais horríveis que um soldado alemão na frente russa poderia ouvir na calada da noite era o suave “sopro” do vento nos suportes, cabos e tecidos da fuselagem e asas de um bombardeiro biplano pilotado pelas “die Nachthexen“ ou “Bruxas da Noite” descrito como o som estranho de uma vassoura de bruxa, enquanto deslizava silenciosamente para lançar sua carga de bombas.
Quem eram essas Bruxas da Noite? Elas eram todas mulheres pilotos do 588º (quingentésimo octogésimo oitavo) Regimento de Aviação de Bombardeiros Noturnos da Rússia.
Na Segunda Guerra Mundial, as mulheres americanas, como as WASPs (Women Airforce Service Pilots), apoiaram o esforço de guerra transportando aviões para a Europa e Pacífico e realizando voos de testes, mas as aviadoras soviéticas foram as primeiras mulheres pilotos militares no século 20 a enfrentar diretamente um inimigo em combate.

As pilotos não foram as únicas mulheres no Regimento 588. Todos os membros do regimento eram mulheres, incluindo navegadores, equipes de terra e pessoal de apoio.
As Bruxas da Noite foram organizadas pela equivalente russa de Amelia Earhart ( Se você não sabe quem foi Amelia Earhart dá uma olhada aqui no EP360 – https://www.youtube.com/watch?v=-F148…

Agora dá um play e vem saber mais sobre as Bruxas da Noite, uma história das aviadoras que aterrorizavam os nazistas na Segunda Guerra Mundial.

Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Sobre o Autor

Equipe Aviões e Músicas [email protected] [email protected] (11) 9 6920-3129 (Comercial)
banner livro
Topo