banner pneufree.com

Operação secreta: Espiões nos céus

Espião… quando ouvimos essa palavra pensamos em alguém que trabalha escondido, nas sombras, observando tudo sem desconfiarmos de sua presença, ou então pensamos em alguém tipo o James Bond 007. E os aviões espiões, como seriam esses espiões nos céus?

Os aviões espiões acho que tão mais para o tipo do 007, você sabe que ele existe, e na maioria das vezes quem é, onde está e o que quer fazer, e o máximo que lhe resta fazer é tentar atrapalhar o seu serviço, geralmente sem muito sucesso.

O nome mais correto para o avião espião é avião de reconhecimento. E esse foi o primeiro uso militar que a aviação teve. No início da primeira guerra mundial aviões e balões eram utilizados para observar o movimento dos inimigos e para auxiliar a mira da artilharia em solo.

Quando a Primeira Guerra Mundial começou, a França tinha aproximadamente 141 aviões espiões, ou melhor, de reconhecimento, enquanto a Alemanha tinha cerca de 295 aeronaves. A Grã-Bretanha enviou quatro esquadrões de cerca de cinquenta aviões de observação para a França com a Força Expedicionária Britânica.
Desde o início da guerra, as aeronaves se saíram muito bem. Na Frente Ocidental, aviões alemães, franceses e britânicos mantiveram os comandantes informados sobre as manobras inimigas nas fases iniciais da guerra.

No final de agosto de 1914, o avião não era mais um meio auxiliar de informação, mas sim o principal meio pelo qual os exércitos recebiam seu reconhecimento operacional, principalmente porque em cerca de uma ou duas horas, a aeronave poderia reconhecer uma área e relatar com precisão suas descobertas de volta ao comandante, ao passo que um relatório da cavalaria pode levar um ou dois dias para chegar ao quartel-general.
Os olhos e ouvidos tradicionais de um exército, a cavalaria, não podiam penetrar nas trincheiras inimigas. Apenas o frágil avião cruzava as linhas, ileso e quando acoplado à câmera, trazia informações indispensáveis.

O reconhecimento aéreo era quase inteligência em “tempo real” para os comandantes da Primeira Guerra e também levou a tecnologias fotográficas aprimoradas.

Agora dá um play e vem saber mais sobre esses espiões dos céus

Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Sobre o Autor

Equipe Aviões e Músicas [email protected] [email protected] (11) 9 6920-3129 (Comercial)
banner livro
Topo